Política e Ação
“Diretas Já! é maluquice”, afirma Rubens Bueno

O deputado federal Rubens Bueno (PPS) criticou à “Coluna” alguns movimentos nas redes sociais que vêm defendendo as eleições diretas no País após as últimas denúncias envolvendo o presidente da República Michel Temer (PMDB). “Eleições diretas neste momento é maluquice”, falou. Ele lembrou que a Constituição prevê eleições diretas apenas nos primeiros 2 anos de mandato, já nos 2 últimos, a eleição é, constitucionalmente, indireta. Bueno disse que a eleição direta neste momento feriria a democracia plena no País. “Hora, se a eleição é periódica e temos um calendário nacional de eleições e prevê situações como esta, é simples, cumpra-se o que está na Constituição”, falou.

Luiz Alfredo questiona dívida da Câmara

O vereador Luiz Alfredo da Cunha Bernardo (PT do B), quer informações sobre uma dívida de R$ 130 mil da Câmara de Vereadores de Campo Mourão com a Previdência Social. O valor é referente a repasses menores feitos em anos anteriores. Em requerimento aprovado pela Câmara, Bernardo questiona se a notícia é verdadeira e porque os vereadores não foram comunicados da dívida. Ele solicitou ainda documentos que demonstrem o passivo previdenciário; a origem da dívida; e quem é o responsável pela conta.

Prazo rejeitado

Por 4 votos a 2, a Câmara Municipal de Mamborê recusou proposta que reduzia de 30 para 15 dias o prazo para o prefeito do município, Ricardo Radonski (PSD) responder requerimentos dos vereadores. O projeto de resolução prevendo a mudança foi apresentado pelo vereador José Aparecido Januário (PPS).

Audiência vai discutir plano diretor de Farol

A prefeitura de Farol realiza no próximo dia 22 uma audiência pública para discussão com a comunidade do plano diretor do município. O encontro está marcado para as 19 horas, na Casa da Cultura. O plano diretor serve como instrumento básico de orientação para a política de desenvolvimento e ordenamento da expansão da área urbana do município. Durante a reunião, moradores poderão opinar e debater o plano diretor.

Prefeitura não terá expediente na sexta

A prefeitura de Campo Mourão decretou recesso nas repartições públicas nesta sexta-feira (16). A folga aos servidores acontece em razão do feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (15). O recesso não atingirá o posto de Saúde 24 Horas, divisão de Transportes de Saúde, cemitério municipal, serviços de vigilância, entre outros serviços considerados essenciais.

Dito e Escrito

“Eu também gosto de festa, mas na hora que o sapato aperta é o prefeito que vai ter que se virar nos 30.”

Wilson Carlos de Assis (PP), prefeito de Iretama, ao comentar o cancelamento da Expoméia, festa de aniversário do município.