Campo Mourão

Feira de adoção de cães e gatos acontece no sábado

Filhotes de cães e gatos atraem muita gente interessada na adoção. (Foto: Clodoaldo Bonete/Tribuna do Interior)

No próximo sábado (20) será realizada em Campo Mourão mais uma feira de adoção de animais, na praça central, ao lado da Catedral São José. A ação é promovida pela Associação dos Protetores de Animais Independentes (PAIS). Os animais, na maioria filhotes, estarão à disposição para adoção das 9 às 14 horas. No dia, as voluntárias também estarão recebendo doações de ração para ajudar na manutenção dos abrigos.

Os organizadores da Feira lembram que para adotar é preciso ter mais de 18 anos e comparecer ao local com documento pessoal e comprovante de residência. Nas últimas feirinhas realizadas em Campo Mourão, a maioria dos animais foi adotado, principalmente gatos, que têm atraído o interesse de muita gente.

O problema dos animais abandonados em Campo Mourão só não é mais grave por conta do trabalho incansável de associações como a PAIS e voluntários, que acolhem muitos cães de rua na própria casa. Apenas a PAIS possui cerca de 600 cães sem dono, a maioria já idoso, que acabou deixado nas ruas pelos próprios donos. A associação atende como pode, com ração e medicação. Pessoas voluntárias e sensíveis com a causa também contribuem, doando ração.

No Canil Municipal também são dezenas de cães apreendidos, porque o dono não o segurou no quintal. O local já não tem mais espaço, porém, a população reclama do grande número de animais soltos nas ruas, que, sem alimento, ficam revirando as lixeiras e causando transtornos à população.

O Brasil enfrenta uma difícil realidade relacionada ao abandono de animais domésticos, que tem se acentuado com a crise econômica que afeta o país. De acordo com pesquisa promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), já existem mais de 30 milhões de cães e gatos abandonados no país, um dado alarmante que reflete uma negligência nos cuidados com os animais domésticos e um problema sério de saúde pública.