Região

Servidores de Iretama fazem assembleia para analisar proposta da prefeitura

O Sindicato dos Servidores Municipais de Iretama realiza assembleia nesta quinta-feira (18), às 19 horas, na Casa da Cultura para discutir proposta de reajuste salarial do município à categoria. De acordo com o presidente do sindicato, Veriano José Nery, a reivindicação inicial da classe era de 15%, mas em pré-negociação com o prefeito Wilson Carlos de Assis (PP), o reajuste fixado foi de 10%.

No entanto, de acordo com Nery, o prefeito do município encaminhou projeto de lei à Câmara Municipal concedendo reajuste de 6,28%. “Ficamos esperando uma resposta do prefeito, mas em vez disso ele encaminhou o projeto diretamente à Câmara sem antes nos consultar”, comentou o presidente do Sindicato, que não descarta o risco de greve. “Vamos apresentar este valor aos servidores na assembleia, mas acredito que não irão aceitar”, falou.

Nery informou que ‘o prefeito concedeu aumento muito elevado aos funcionários ocupantes de cargos comissionados em janeiro, e os servidores efetivos não querem aceitar agora menos de 10%’. Além do reajuste salarial, a categoria reivindica também a compra de Equipamentos de Proteção (EPI’s) e a contratação pelo município de uma empresa para avaliar o grau de insalubridade de servidores que trabalharam em locais insalubres. “Estas reivindicações o prefeito já está atendendo”, acrescentou Nery.