Cesta da Tribuna
Conselho Gestor

A nova diretoria da Amobasquete toma posse nas próximas semanas. A novidade da entidade é a gestão estratégica compartilhada, a qual será gerenciada por um grupo de 7 pessoas, que decidirão e se responsabilizarão de forma conjunta. O grupo envolve especialistas em direito, contabilidade, finanças, empreendedorismo, gestão de negócios e esporte. Este que vos escreve terá a honra de capitanear o grupo e nesta coluna apresentaremos os nomes e funções.

Gestão e Marketing

O empresário Alcides Daleffe Aires se aproximou do Campo Mourão Basquete por intermédio de sua empresa Pro Sollus, que foi patrocinadora da equipe na temporada passada. Graças ao seu perfil empreendedor e comprometido foi convidado a participar do conselho para contribuir com seu conhecimento e sua credibilidade junto a comunidade mourãoense. Heron Santos Lima, atual diretor da UTFPR e proprietário da Clean Up Biotecnologia, é outro conselheiro com perfil empreendedor e que poderá auxiliar com seu conhecimento em gestão de recursos públicos e liderança. Heron sempre foi ligado ao campo esportivo, primeiro como atleta da seleção brasileira de pólo aquático e atualmente sendo pai de dois jovens que já atuaram pelas categorias de base do Campo Mourão Basquete. Outro nome que tem contribuído, ainda que extra-oficialmente é o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Alberto Facco.

Jurídico e Contábil

A parte jurídica do Campo Mourão Basquete estará sob a responsabilidade do advogado Iduarte Lopes Ferreira Júnior. Iduarte foi atleta da modalidade em sua juventude, tendo como auge o título dos Jogos Abertos de 1994. A sua função é aconselhar o conselho gestor para que todas as ações, contratos de patrocínio e de trabalho, sejam pautados pela observância da legislação em vigor. Próximo dele, atuarão: Agamenon Telemaco Soares, que em sua juventude foi atleta da modalidade, tendo atuado em Peabiru e Campo Mourão. Agamenon é um dos sócio-fundadores da Amobasquete e atualmente é proprietário da Agroindustrial Contabilidade, empresa parceira do basquete desde 2008 e Renato Arruda do Nascimento, bancário do Banco do Brasil, que terá a função de tesoureiro do clube pela sua experiência em outras entidades como Fecam e AABB.

Esportiva

Os interesses esportivos e sociais serão coordenados pelo funcionário do DER, Izidoro Bueno, ex- atleta de basquete e pai de um dos atleta que fizeram história em Campo Mourão, Carlos Bueno. Izidoro, que também é um dos fundadores da associação, ao lado do técnico Emerson Luís de Souza serão os principais responsáveis pelo andamento da parte esportiva da associação.

Adiado a definição

O site da Liga Nacional de Basquete (LNB) anunciou que o seu Conselho de Administração decidiu, nesta quinta-feira (dia 10), pelo adiamento para a confirmação dos clubes que irão disputar a décima edição do NBB CAIXA, campeonato nacional adulto masculino de basquete. Em reunião realizada em São Paulo, os nove clubes que fazem parte do Conselho adiaram, de forma unânime, para o dia 25 de agosto (sexta-feira), como o prazo final para a definição das equipes participantes da temporada 2017/2018.

Campo Mourão

Os dirigentes do Campo Mourão Basquete estão empenhados em planejar a participação no NBB10 da melhor maneira possível. As reuniões para definição de valores de patrocínio acontecem nestas próximas duas semanas e a partir daí, será viabilizado a discussão orçamentária para montagem da equipe. Na próxima semana será anunciada também o Conselho Gestor da Associação Mourãoense de Basquete.

Citadino

A terceira rodada do Citadino de Basquete Nestor “Gringo” Fernandes ocorrido no último final de semana teve apenas dois jogos devido aos compromissos do time sub17 de Campo Mourão. As duas partidas foram realizadas no domingo. Na primeira, vitória emocionante e de virada da UTFPR sobre a Arcam por 43 a 42, com a partida sendo definida nos segundos finais com uma cesta do lateral Nicholas Hyrisena. No jogo de fundo, vitória do Seu Bigode sobre o desfalcado time do Old School por 55 a 22.

Programação

A quarta rodada do Citadino de Basquete acontece no sábado, dia 12 de agosto com as partidas entre Mariluz e UTFPR, às 14h e Arcam contra Brooklyn, às 15h. A rodada se encerra no domingo com o confronto entre Pro Sollus/Pousada Fazendinha contra Peabiru, às 9h30 e no jogo de fundo, partida decisiva para as equipes do Pirates e da UTFPR, às 10h30.

Sub17

Os atletas que participam do projeto Basquete Cidadão, que é desenvolvido pelo Campo Mourão Basquete e pela Prefeitura de Campo Mourão através da Fecam, estrearam com o pé direito no Campeonato Paranaense Sub-17, ao vencer a equipe do Sociedade Thalia, de Curitiba por 1 ponto de diferença (60X59). A partida que só foi decidida na prorrogação foi realizada na tarde do último sábado, no ginásio JK, em Campo Mourão. No domingo, vitória do Círculo Militar do Paraná (Curitiba) sobre nossa equipe.

Alexey é seleção

O armador Alexey, que jogou a temporada 2015-2016 em Campo Mourão, foi convocado para a Seleção Brasileira Adulta Masculina, que iniciará os treinamentos visando à disputa da ‘Copa América – 2017 (FIBA AmeriCup – 2017)’, que ocorre de 25 de agosto a 03 de setembro, com sedes na Colômbia, Argentina e Uruguai. O jogador francano, que se destacou em nossa cidade e fez uma temporada excelente pelo Franca Basquete, tem apenas 21 anos e se apresenta como uma das grandes revelações do basquete brasileiro.

Paranaense

Os atletas do Campo Mourão Basquete estreiam neste final de semana (5 e 6 de agosto) no Campeonato Paranaense sub-17. Formada por atletas pratas-da- casa revelados pelo projeto social Basquete Cidadão, a equipe jogará no sábado contra o Clube Thalia e domingo contra o Círculo Militar, ambas equipes da capital paranaense. Os 2 jogos estão marcados para às 15 horas, no ginásio de esportes JK. O Campeonato ainda conta com a participação das equipes de Londrina, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Maringá, Toledo, Goioerê e Cambé, no sistema de turno e returno. Os 4 primeiros se classificam para a fase final.

Comissão de Pais

A participação da equipe no Estadual de Basquete está sendo viabilizada graças a união dos pais dos alunos, que estão se mobilizando para arrecadar os recursos necessários para as viagens, pagamento de arbitragens e alimentação de atletas. Liderados pelo técnico Emerson de Souza e pelos pais de alunos Elizeu Lobak e Aurélio Triches, o grupo irá se reunir na próxima segunda-feira para definir os detalhes das ações para arrecadação dos recursos.

Citadino

A segunda rodada teve início no sábado com a vitória do SUB-19 sobre Peabiru por 48 a 42 e do Old School sobre a Pro Sollus/Pousada Fazendinha por 64 a 29. No domingo, Pirates venceu Mariluz por 95 a 25 e Seu Bigode venceu o ssub19 por 62 a 43. A terceira rodada acontece apenas no domingo com as partidas entre a UTFPR e a Arcam, a partir das 9h30, e logo depois, às 10h30, jogam Seu Bigode e Old Scholl.

Contra o tempo

Os dirigentes do Campo Mourão Basquete com apoio das lideranças políticas e empresariais de Campo Mourão e região está realizando uma série de visitas para viabilizar recursos para a participação no NBB10. Nesta semana, o prefeito Tauillo Tezelli, o secretário estadual de esportes Douglas Fabrício e o deputado federal Rubens Bueno participaram presencialmente de reuniões com esta finalidade. As negociações ainda não estão sendo divulgadas até que as decisões finais sejam oficializadas pelas partes envolvidas.

Citadino

Quatro jogos abriram o Citadino de Basquete Nestor “Gringo” Fernandes no último final de semana. O atual bi-campeão Pirates foi derrotado pela equipe do Brooklyn por 41 a 40, em jogo definido na prorrogação e na partida de fundo do sábado Arcam venceu a equipe de Mariluz por 28 a 17. Na primeira partida de domingo, vitória do atual vice-campeão Old School sobre Peabiru por 27 a 26. No segundo jogo, Pro Sollus/Pousada Fazendinha foi derrota por 23 a 74 pela equipe Seu Bigode.

Programação

A programação da segunda rodada inicia-se no sábado, às 14h, com a partida entre Old School contra o Pro Sollus/Pousada Fazendinha. Na sequência, Peabiru enfrenta o Campo Mourão Basquete/Sub 19. A rodada continua no domingo, com a partida entre Pirates e Mariluz, às 9h30, e Arcam contra Brooklyn, às 10h30.

Estadual

Na semana passada o técnico Emerson de Souza, acompanhado do dirigente Izidoro Bueno estiveram em Londrina participando do congresso técnico do campeonato paranaense adulto. Na oportunidade as equipes de Campo Mourão, Ponta Grossa, Londrina e Maringá confirmaram a participação na competição, que será realizada no segundo semestre.

Novo Técnico

Foi anunciado nesta quinta-feira o técnico interino da seleção brasileira masculina adulta. O encarregado deste desafio será Cesar Guidetti, técnico do time do Pinheiros há oito anos, que terá como primeira competição a Copa América, a ser realizada em agosto. Guidetti será auxiliado por Bruno Savignoni e Felipe Santana e terá como principal missão testar os jovens talentos brasileiros e dar experiência internacional aos mesmos.

Citadino de Basquete

O tradicional Campeonato Citadino de Basquete teve o seu congresso técnico realizado nesta segunda-feira e terá início neste final de semana com 4 jogos. Com organização da Prefeitura de Campo Mourão, através da Fecam em parceria com a Amobasquete, a competição terá a participação de 10 equipes, divididas em 2 grupos. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para as semifinais. No naipe feminino, a competição tem início previsto para o mês de agosto.

Primeira rodada

O Campeonato Citadino começa no sábado, dia 22 de julho, com as partidas entre o atual bi-campeão Pirates x Brooklyn, às 14h e Mariluz x Arcam, às 15h. No domingo, dia 23 de julho, a primeira rodada é encerrada com duas partidas. Primeiro, o vice-campeão de 2016, Old School enfrenta a equipe da vizinha Peabiru, às 9h30 e, logo após, Barbearia Seu Bigode joga contra o time Pro Sollus/Pousada Fazendinha, às 10h30. UTFPR e Juventude folgam na primeira rodada.

Gringo

O Citadino de Basquete foi batizado com o nome de Nestor “Gringo” Fernandez, em homenagem ao falecido massoterapeuta, que era conhecido no meio esportivo de todo o país pelo seu carisma e competência. Singelo, mas importante reconhecimento a um dos melhores profissionais da área. Na abertura da competição, a sua companheira, Lourdes Colchon, receberá as homenagens.

Começou a busca

Dirigentes da Amobasquete acompanhados de lideranças políticas como o prefeito Tauillo Tezelli, o Secretário Estadual de Esporte Douglas Fabrício, o deputado Federal Rubens Bueno e o Secretário Municipal de Esportes Marcelo Lima, iniciaram visitas à possíveis e potenciais patrocinadores para a próxima temporada. Correndo contra o tempo e contra o momento econômico crítico do país, os esforços estão concentrados primeiramente nas grandes empresas do Estado e num segundo momento as empresas locais serão visitadas e convidadas a participar do projeto que destacou o nome de Campo Mourão no cenário esportivo nacional. Assim que as primeiras negociações prosperarem, divulgaremos aqui.

Jogos Escolares

 

A equipe de basquete do Colégio Vicentino Santa Cruz (Masculino B) conquistou uma das vagas da fase macro-regional dos Jogos Escolares do Paraná e garantiu o direito de disputar a fase final, em Cambé, no mês de agosto. O Colégio Santa Cruz perdeu a final da macro-regional para a equipe de Maringá, mas venceu Goioêre, Palmital e Roncador, garantindo o vice-campeonato e a segunda vaga da região. Parabéns ao professor Hugo Lima, que com seu trabalho sempre tem colocado equipes na fase final dos jogos escolares e aos atletas Jordan, Thiaguinho, Gustavo, Kaique, Lorenzo,Lucca, Luís Fernando e Rafael, que muito bem representaram nosso município.

Pré-inscrição

O técnico Emerson Luís de Souza esteve em São Paulo, na última terça-feira, representando a equipe do Campo Mourão Basquete na Assembleia Geral da Liga Nacional de Basquete. Na oportunidade, foi feita a pré-inscrição da equipe na temporada 2017-2018 do NBB. Para que a vaga seja garantida ao time mourãoense é necessário que até o final do mês os dirigentes comprovem ter condições técnicas e financeiras para disputar a competição e para tanto os contatos com possíveis patrocinadores máster estão sendo realizados.

Novidades

Joinville e Caxias do Sul tiveram suas pré-inscrições aceitas no NBB10. Joinville fundamentado em um artigo do regulamento que abria a possibilidade de mais de uma equipe da Liga Ouro 2017 pleitear uma vaga no NBB, desde que comprovada suas condições estruturais. Caxias do Sul por sua vez, baseando-se no atual impasse existente sobre a realização da Liga Ouro pela CBB ou LNB, pleiteou a vaga junto à Assembleia buscando garantir seu direito de associado da LNB participar de uma competição organizada pela mesma, o que lhe foi facultado pelos clubes filiados.

Pré-inscritos no NBB10

Confira quem se inscreveu para o NBB10: Solar Cearense (CE), Gocil/Bauru Basket (SP), Botafogo (RJ), Brasília (DF), Campo Mourão Basquete (PR), Banrisul/Caxias Basquete (RS), Flamengo (RJ), Sesi Franca Basquete (SP), Joinville (SC), Liga Sorocabana (SP), Macaé Basquete (RJ), Minas Tênis Clube (MG), Mogi das Cruzes/Helbor (SP), Paulistano/Corpore (SP), Pinheiros (SP), Vasco da Gama (RJ) e Universo/Vitória (BA). São 17 equipes, representando 9 estados do Brasil.

Campo Mourão na NBB

Ainda indefinida a situação do Campo Mourão Basquete. Dirigentes e patrocinadores estão em negociação para viabilizar a participação de Campo Mourão no próximo NBB, por isso ainda não é possível vislumbrar o andamento da próxima temporada, prevista para iniciar em novembro. Várias equipes, com mais experiência, estrutura e patrocínio, largaram na frente garantindo a contratação/renovação de seus melhores atletas. 2017/18 não vai ser fácil, mas quem conhece a trajetória do basquete mourãoense sabe que tudo que aconteceu foi com muita luta e dificuldade. Estamos na torcida e ansiosos por boas notícias.

Amistosos da base

Os atletas do projeto Basquete Cidadão do Campo Mourão Basquete tiveram uma tarde especial neste domingo, dia 02 de julho. Os pratas da casa do basquete mourãoense tiveram a oportunidade de jogar contra a base do Bauru Basket, atual campeão da Liga Nacional de Basquete NBB 2016/2017. Com a presença dos técnicos André Germano e Hudson Previdelo, membros da equipe profissional paulista, os garotos de Campo Mourão venceram na categoria Juventude por 48 a 46 e foram superados na categoria sub-17 por 62 a 59.

Jogos Escolares

Equipes do Colégio Vicentino Santa Cruz (Masculino B) e do Colégio Unidade Pólo (Masculino A) estão em Roncador desde a última quarta-feira para disputar a fase macro-regional dos Jogos Escolares do Paraná. O Colégio Santa Cruz está enfrentando as equipes de Maringá, Goioêre, Palmital e Roncador, enquanto o Unidade Pólo está disputando contra Maringá, Goioêre e Palmital. Apenas duas equipes em cada categoria avançam para a fase final da competição.

Citadino 2017

Estão abertas as inscrições para o tradicional Campeonato Citadino de Basquete de Campo Mourão e região. A competição tem início previsto para o dia 22 de julho e será disputada nos naipes masculino e feminino com equipes de Campo Mourão e região. As equipes interessadas podem obter mais informações no ginásio JK ou pelo telefone 99960-0222, até o dia 12 de julho, prazo final das inscrições. A organização ficará por conta da Prefeitura de Campo Mourão através da Fecam.e Amobasquete.

Reestruturação

Na noite do dia 27 de junho estiveram reunidos no SESC um grupo de simpatizantes do basquete de Campo Mourão a fim de discutir o futuro da modalidade e da Associação Mourãoense de Basquete, entidade gestora da equipe profissional. Na oportunidade muitas ideias e sugestões de melhoria foram propostas e um número significativo das pessoas presentes se prontificou a colaborar voluntariamente para a causa do basquete de Campo Mourão. Infelizmente, em função do tempo escasso, não foi possível convidar/avisar todas as pessoas que demonstram interesse em contribuir com as atividades do basquete, ainda assim, mais de vinte pessoas se fizeram presentes.

“Raça” Internacional

A torcida Raça Mourãoense pode se orgulhar de ultrapassar as fronteiras nacionais. Uma pesquisa feita com estes torcedores foi apresentada em Ciudad Real, na Espanha, nos dias 8 e 9 de junho. O autor desta coluna e doutorando em Educação Física na UEM/UEL apresentou os resultados da pesquisa “Motivações para o consumo de partidas do Campo Mourão Basquete por integrantes de torcida organizada” no VIII Congresso Iberoamericano de Economia do Esporte.

Recursos públicos

Dias depois, este colunista apresentou resultados do estudo “Recursos Públicos no esporte profissional brasileiro: o caso do basquete” no 14ª Conferência da Associação Europeia de Sociologia do Esporte, em Praga (República Tcheca). O evento foi realizado no período de 14 a 17 de julho, em uma das mais tradicionais universidades do leste europeu, a Charles University e contou com a apresentação de mais de 150 pesquisas sobre a temática esportiva de cerca de 30 diferentes países.

Convite honroso

Nesta semana, este colunista que vos escreve concedeu uma entrevista para o Buzzer Beater, um blog/vlog especializado em basquete. O convite partiu de um dos idealizadores do site ao ter contato com um artigo científico escrito anos atrás sobre a espetacularização do basquetebol, que era a temática da reportagem que o blogueiro estava produzindo. O texto completo encontra-se em: https://medium.com/buzzerbeaterbr/nba-awards-o-foco-do-basquete-%C3%A9-cada-vez-mais-no-entretenimento-f4a61b3f21e9.

Liderança

Aproveitando a onda da repercussão da belíssima palestra proferida pelo técnico Emerson Souza no Dia da Indústria, mais uma vez usaremos este espaço para falar dele, o principal responsável pela presença de Campo Mourão na elite do basquete brasileiro. É claro que não estamos negando a participação imprescindível de tantos outros personagens como os dirigentes da Amobasquete, da Fecam, das lideranças políticas empresariais, dos atletas, da mídia, dos patrocinadores e torcedores nesta conquista, apenas iremos enaltecer o líder deste processo que culminou com a participação de uma equipe mourãoense no NBB.

Ousadia

A primeira característica deste técnico é não se amedrontar frente aos riscos, ainda que pareçam grandes. Ao contrário, parece que quanto maior o desafio, mais estimulado ele fica para se preparar bem. Muitos desviariam do convite da Liga Nacional pelo pouco tempo para conseguir recursos e se preparar, entretanto, ele e a diretoria da Amobasquete não tiveram receio e ousaram colocar o nome de nossa cidade entre os grandes do basquete brasileiro.

Comprometimento

Emerson não foi apenas técnico. Ajudou na venda de patrocínios e ingressos, carregou água, cadeiras e peças do piso para montar a estrutura de jogo, levou uniforme para lavar em sua casa, abrigou atletas da base em sua casa durante testes, acumulou tarefas administrativas, dentre tantas outras atribuições que acabaram, muitas vezes, não deixando que se concentrasse devidamente para as partidas. Fez por que era necessário em um momento de dificuldade, mas é consciente da necessidade de profissionalização da estrutura e para isso está mobilizando a diretoria da Amobasquete e Fecam.

Empreendedorismo

Outra qualidade do Emerson é a sua capacidade de encontrar soluções para as dificuldades que aparecem no caminho. Utilizando de ideias inovadoras, o técnico mourãoense e sua equipe de trabalho tentam equipar as suas condições de trabalho às de clubes melhor estruturados. Prova disso são os inúmeros projetos lançados para conseguir recursos financeiros para viabilizar a participação nas competições.

Finanças

Na coluna desta semana faremos uma análise sobre temas ligados às finanças do Campo Mourão Basquete na temporada 2016-17. A ideia é indicar os maiores acertos e dificuldades da gestão de um dos projetos mais vitoriosos da história do esporte de Campo Mourão.

Base teórica

Para iniciar esta análise inicialmente relatamos que a literatura acadêmica indica que uma equipe esportiva profissional utiliza geralmente das seguintes fontes de receita: bilheteria, patrocínio, venda de direitos de transmissão televisiva e venda de produtos licenciados. Alguns destes itens são inviáveis de se comercializar na realidade do basquete mourãoense, por isso, enfatizaremos apenas os itens que foram possíveis de se explorar.

Grandes patrocinadores

Um dos pontos altos do Campo Mourão Basquete é não ter dependência exclusiva de recursos públicos, apesar da Prefeitura e Governo do Estado ter contribuído significativamente, e nem depender de um único grande patrocinador. Assim, ao ter estampado as parcerias de grandes e renomadas empresas a nível nacional como: Coamo, Copel, Sanepar e Unimed, e outras grandes empresas regionais como Faculdade Integrado, Via Sollus, Posto Vian, Pedreira Casali, dentre tantos outros parceiros, a gestão mostra ter acertado no quesito “patrocínio”.

Jogada de gênio

Na questão “bilheteria”, o Campo Mourão Basquete utilizou da credibilidade do projeto junto a comunidade empresarial mourãoense e elaborou uma iniciativa que contribuiu muito para que o ginásio ficasse sempre cheio e ao mesmo tempo proporcionasse renda para a equipe. A ideia de gênio do técnico Emerson foi vender espaços publicitários em banners e uniforme em troca de ingressos, ou seja, a empresa desembolsava um valor x, tinha espaço para divulgar sua empresa e um número determinado de ingressos para seu uso. Ganha-ganha, bom para todos.

Dificuldades

Participar pela primeira vez de um campeonato nacional de basquete e levar o nome de Campo Mourão a todo país foi um grande desafio para a Amobasquete, haja vista que a exigência profissional é imensa. A Amobasquete não esconde as dificuldades financeiras que enfrenta e nem vai se eximir de suas responsabilidades. Os diretores estão se mobilizando para tentar solucionar os problemas e se organizando para que a próxima temporada não seja tão desgastante neste aspecto.