Cesta da Tribuna
Botafogo

No sábado, às 11h, confronto entre as duas equipes que estão na ponta de baixo da tabela e quem perder, fica na lanterna. Donos das piores campanhas até o momento, Campo Mourão Basquete e Botafogo se enfrentam na Arena Carioca em busca da recuperação. Uma vitória fora de casa contra um adversário direto na luta por uma vaga nos playoffs seria muito importante para as pretensões do time mourãoense.

Vasco

Definitivamente a maré não está boa para o Campo Mourão Basquete. A equipe foi derrotada pelo Vasco da Gama na noite de quinta-feira por 84 a 59, em partida disputada em solo carioca. Com a derrota o time mourãoense acumula 9 derrotas e 2 vitórias e amarga a penúltima colocação no NBB. Apesar do elenco vascaíno estar recheado de estrelas como Giovanonni, Fúlvio, David Jackson, Gui Deodato, Nezinho, Hayes, Renato e Lucas Mariano, acreditava-se em uma vitória fora de casa pelo mau momento que o Vasco se encontrava. Mas, não deu.

2018

Após o jogo contra o Botafogo, Campo Mourão Basquete só joga no dia 08 de janeiro contra o Paulistano em solo paulista. O reencontro com o torcedor mourãoense ocorre apenas no dia 16 de janeiro contra Joinville, outro adversário direto pela vaga na segunda fase da competição e que atualmente ocupa a 12ª colocação, com apenas duas vitórias.

Pierre de Coubertin

Ainda não havia noticiado aqui, mas na partida contra o Vitória, tivemos a ilustre presença de Vanderlei Cordeiro de Lima, que acompanhou a partida e foi homenageado pela diretoria do Campo Mourão Basquete. Vanderlei é dono de duas medalhas de ouro em Jogos Panamericanos, uma de bronze olímpica e o único latino-americano condecorado com a Medalha Pierre de Coubertin, de cunho humanitário-esportivo. O outro homenageado da noite foi o prof. Paulo Cesar da Costa, técnico multi-campeão do atletismo mourãoense, responsável pela revelação de dezenas de talentos esportivos em nossa cidade. Nossos agradecimentos por terem vindo prestigiar nosso jogo