Saúde

10 motivos para mulheres treinarem membros superiores

Para quem quer desenvolver músculos mais fortes e maiores é necessário treinar de maneira intensa e inteligente para conseguir progredir e ter resultados mais consistentes.

Para tal é preciso efetuar as sessões de treinamento de forma a manter um bom equilíbrio entre os grupos musculares, treinando todos adequadamente.

Todavia, no meio da musculação é conhecida a aversão que muitas mulheres têm de treinar membros superiores por achar que o seu físico se tornará mais masculino.

Porém, neste artigo serão enumerados 10 motivos para as mulheres treinarem membros superiores, mostrando o quanto podem melhorar seus resultados e sua qualidade de vida ao treinar todos os músculos de maneira equilibrada.

1. Evitar lesões

Ao não fortalecer os músculos da região superior do corpo, a mulher fica mais vulnerável a lesões nas articulações desta região devido ao enfraquecimento e falta de estabilidade destes grupos musculares.

O risco de bursites e tendinites é diminuído ao fazer um trabalho adequado, dando a atenção devida a cada grupo muscular da região superior do mesmo jeito que dos membros inferiores.

2. Melhora o desempenho no treino de membros inferiores

Agachamento, levantamento terra, stiff, afundo são exemplos de exercícios que podem ser beneficiados com o fortalecimento dos grupos musculares superiores.

Com eretores da espinha, dorsal, trapézio e braços mais fortes é possível aumentar a carga no treino de membros inferiores e assim progredir e ter melhores resultados.

3. Físico mais harmônico e proporcional

Desenvolver e trabalhar de maneira proporcional todos os grupos musculares diminui assimetrias e tornam o físico mais harmônico, proporcionando um corpo esteticamente mais simétrico.

4. Melhora em movimentos mais funcionais

Atividades do cotidiano, como carregar e mover objetos torna-se uma tarefa fácil para mulheres que treinam membros superiores adequadamente.

Portanto, dedicar tempo e energia para treinar os músculos da região superior têm impacto positivo no dia a dia do público feminino também.

5. Melhora da densidade óssea

Com o passar dos anos há a tendência de perda de massa óssea, principalmente no público feminino.

O treino de musculação, além de fortalecer os músculos, também evita a diminuição da massa óssea que pode levar a osteoporose e trabalhar os membros superiores diminui o risco de fraturas nesta região.

6. Diminui a flacidez

Um dos principais objetivos das mulheres ao treinar é diminuir a flacidez nos braços, a qual só pode ser combatida treinando membros superiores de maneira intensa.

Com a musculação é possível conquistar a rigidez e tônus muscular, portanto abandonar o treino da região superior é uma péssima idéia neste quesito.

7. Auxilia no processo de emagrecimento

Um maior gasto calórico tem um impacto direto na perda de gordura corporal, sendo que acrescentar exercícios para emagrecer multiarticulares para os membros superiores, também auxiliam a aumentar o metabolismo e intensificar a perda de gordura corporal.

8. Combate a perda de massa muscular

A medida que as pessoas envelhecem acontece a perda progressiva de massa muscular, sendo que a musculação auxilia a retardar este processo.

Dessa forma, para não perder massa muscular e força nos membros superiores é necessário treiná-los adequadamente.

9. Melhora a postura

Não treinar de maneira proporcional todos os grupos musculares leva a desequilíbrios musculares, que podem provocar lesões e ter impacto negativo na qualidade de vida da pessoa.

Músculos como os das costas, quando não são treinados adequadamente podem prejudicar a postura e com o tempo ocasionar dores e desconforto na região.

10. Melhora em modalidades esportivas

Tênis, voleibol e basquete são exemplos de esportes que precisam de um fortalecimento adequado dos membros superiores, tanto para evitar lesões, assim como para melhorar o desempenho nestes.

Sendo assim, mulheres que efetuam estes tipos de modalidades podem obter grandes benefícios ao efetuar um treino de musculação de maneira equilibrada.

Concluindo

Muitas mulheres terminam não realizando os treinos corretamente de membros superiores, porque acham que ficarão com aspecto masculino.

Porém, por terem uma produção muito menor de testosterona em relação aos homens, se torna muito difícil as mulheres ganharem massa muscular na mesma proporção que o público masculino.

Dessa forma, é prejudicial à saúde articular e os riscos de lesão aumentam ao treinar membros inferiores e superiores de forma desequilibrada, além de não ser produtivo para as mulheres que desejem construir massa muscular em longo prazo.

Sendo assim, a mulher não deve se preocupar em deixar de ser feminina e sim aproveitar os benefícios que um treino de musculação bem planejado pode trazer a sua qualidade de vida.

Para tal, consultar um profissional de Educação Física é extremamente importante para contar com uma prescrição que atenda as necessidades e objetivos de cada pessoa, respeitando sempre sua individualidade biológica.

Bons treinos!