Policial

Agricultor é preso por armazenar embalagens de agrotóxicos em área urbana

A Polícia Ambiental de Campo Mourão prendeu um homem (ele não teve a identidade divulgada) no município de Boa Esperança por armazenar embalagens de agrotóxicos em área urbana. A prisão foi feita após uma denúncia repassada ao Ministério Público (MP), delatando que um agricultor estaria armazenando agrotóxico em um barracão anexo a sua residência, no centro da cidade. 

Com base nas informações, uma equipe da Força Verde deslocou ao local e, durante vistorias, encontrou uma grande quantidade de embalagens vazias de agrotóxicos para diversos fins, todas empacotadas em 17 embalagens de transporte de adubo tipo bag. 

Algumas embalagens estavam ainda com resíduos de agrotóxicos, enquanto outras eram reaproveitadas para armazenar outros produtos, o que também constitui crime. No local, os policiais constaram ainda que funcionava um refeitório com mesa, fogão, geladeira e armários com alimentos onde, segundo o responsável, os funcionários alimentavam-se.

Havia ainda a presença de animais domésticos e cinco funcionários trabalhando no mesmo ambiente onde o material poluente estava armazenado. Diante da situação o responsável foi preso encaminhado para delegacia de Polícia Civil de Mamborê, No entanto pagou fiança (o valor não foi divulgada) e responderá o crime em liberdade.

De acordo com a Polícia Ambiental, o crime de armazenar embalagens de agrotóxicos de forma irregular prevê pena de prisão de 1 a 4 anos e multa.