Esportes

Após bronze, Isaquias Queiroz avança à final do C1 1000m no Mundial de Canoagem

Poucas horas após conquistar a medalha de bronze, o canoísta Isaquias Queiroz voltou à raia de Szeged, na Hungria, para se destacar mais uma vez. Ele faturou a vaga na final do C1 1000 metros no Mundial de Canoagem Velocidade.

Um dos favoritos ao ouro, o brasileiro venceu a sua bateria na semifinal - eram três -, mas ficou em segundo lugar geral, com o tempo de 3min55s73, atrás somente do alemão Sebastian Brendel (3min55s33). O atleta da Alemanha é o principal rival de Isaquias nos últimos anos.

O brasileiro é o atual vice-campeão olímpico desta prova. Nos Jogos do Rio-2016, ele foi superado justamente por Brendel. Nos Jogos pan-americanos de Lima, no Peru, Isaquias aproveitou a ausência do rival e confirmou o favoritismo.

"Eu estava muito cansado. Não sei de onde consegui tirar forças ali no final. Foi uma boa prova hoje. O dia foi muito lucrativo. Agora vamos tentar descansar ao máximo porque o corpo está muito acabado e o sol está pegando muito aqui", comentou Isaquias.

A final da prova está programada para as 7h15 deste domingo (horário de Brasília). Os cinco primeiros colocados vão garantir vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Isaquias já está classificado para o grande evento por ter ficado em terceiro lugar na final do C2 1000 metros, ao lado de Erlon de Souza, no início deste sábado.

Com a vaga olímpica obtida nesta prova, ele garante automaticamente a classificação para a prova individual da mesma distância.