Política

Bolsonaro vai mudar dieta no jantar, de líquida para cremosa, diz médico

O médico Antonio Luiz Macedo, cirurgião chefe que comanda a equipe que atende o presidente Jair Bolsonaro no Hospital Vila Nova Star, disse neste sábado aos jornalistas que vai introduzir ainda hoje alimentação cremosa na dieta do presidente.

Segundo ele, Bolsonaro está "bem, sem febre, sem dor e alegre". O presidente vai deixar a dieta líquida e jantar hoje creme de mandioquinha. Segundo Macedo, o objetivo é que Bolsonaro consuma 2.000 calorias por dia.

O presidente passou o dia hoje com familiares e assistiu ao jogo do Palmeiras na TV. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, foi ao hospital e ficou 13 minutos. Saiu sem falar com a imprensa.

A assessoria da Presidência da República não confirma se o presidente e o ministro se encontraram.