Campo Mourão

Buraco em pista causa acidente que por pouco não termina em tragédia

Veículo ficou parado com as rodas para cima (Foto: João Silvestrin)

Um grave acidente seguido de capotamento no início da noite dessa sexta-feira (19), na rodovia PR-487, entre Campo Mourão e Luiziana, próximo a fazenda Onça Parda, por pouco não terminou em uma tragédia. O motorista de um GM/Vectra, com placas de Ponta Grossa perdeu o controle da direção após passar por um buraco na pista e acabou caindo em um barranco, capotando em seguida. Havia 5 pessoas no veículo, que por pouco não atingiu frontalmente um caminhão que seguia no sentido contrário.

As vítimas foram identificadas como Valdir Pereira Gonçalves, 49; Denicia de Fátima Leite da Silva, 56; João Lopes da Silva, 64 (condutor); Afrânio Antonio Santana, 66; e Olinda Benedita de Jesus Santana, 68. Apenas Afrânio sofreu ferimentos na cabeça. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Campo Mourão e encaminhado ao Hospital Pronto Socorro da cidade. Os demais ocupantes do veículo escaparam ilesos.

De acordo com informações, o Vectra seguia sentido Luiziana a Campo Mourão. O condutor do carro informou que seguia atrás de outro veículo que ainda conseguiu desviar do buraco, porém ele não teve a mesma sorte. Ao passar sobre o buraco um dos pneus traseiros do automóvel estourou fazendo com que o condutor perdesse o controle da direção.

O motorista ainda tirou o carro para o outro lado da pista, porém como vinha um caminhão no sentido contrário, para evitar o choque tirou para o acostamento, caindo em um barranco, capotando em seguida. O veículo ficou parado com as rodas para cima.

De acordo com o sargento Davi, do Corpo de Bombeiros, as primeiras informações que chegaram à central de atendimento é que havia pessoas presas às ferragens. “Mas felizmente quando chegamos ao local constatamos que todos estavam bem e já fora do veículo. Apenas um dos passageiros sofreu um corte na região da cabeça e precisou de atendimento”, falou.

O Corpo de Bombeiros orienta os motoristas a transitarem com mais cautela no trecho. A via foi recapeada recentemente, mas um trecho ficou sem os reparos e está em situação crítica. “A orientação é que os motoristas transitem em baixa velocidade e a uma distância considerável do veículo da frente para uma melhor visão”, falou Davi.

Clique ou arraste para passar as fotos