Região

Câmara de Peabiru faz devolução a prefeitura de R$ 160 mil para recape

Presidente da Câmara, José Durães, fez repasse do valor ao prefeito Júlio Frare.

Os vereadores da Câmara Municipal de Peabiru anteciparam nesta semana a devolução de R$ 160 mil à prefeitura do município. O repasse foi feito na sede do Legislativo ao prefeito da cidade Júlio Frare (PR). O dinheiro é referente às sobras de economia gerada pelos parlamentares.

De acordo com o presidente do Legislativo, José Durães (PSDB), o prefeito da cidade firmou compromisso com os vereadores de aplicar o recurso no custeio da recuperação da malha asfáltica da cidade. “O dinheiro será investido na pavimentação asfáltica das vias públicas de Peabiru”, ressaltou Durães.

Segundo ele, desde que a atual administração assumiu o município a recuperação da malha asfáltica da cidade tem sido uma grande demanda para a gestão. “Todos sabem que as ruas de Peabiru estão em situação precária. O prefeito aos poucos está recuperando a malha, mas faltam recursos para isso e por este motivo antecipamos a devolução do dinheiro”, argumentou.

O presidente da Câmara informou que a recuperação da malha asfáltica vai oferecer mais conforto e segurança no trânsito. “A população já não aguenta mais tanto buraco nas ruas. Além do desgaste emocional, gera prejuízos aos motoristas que podem a qualquer momento ter o seu veículo danificado pelos buracos”, frisou.

Durães comentou que o valor repassado só não foi maior porque a Câmara está reservando recursos para construção de mais duas salas no Legislativo. “Sabemos que o valor repassado não é muita coisa, mas já ajuda um pouco. O prefeito ficou bastante feliz com o repasse”, comentou, ao lembrar que no ano passado, o as sobras do Legislativo ao Executivo totalizaram R$ 528 mil. O recurso foi aplicado também na recuperação da malha asfáltica.

O vereador acrescentou que o repasse foi possível graças às medidas de economia adotadas pelo Legislativo desde o início da gestão. “Toda a equipe da Câmara está fazendo um esforço bastante grande para economizar os recursos públicos”, falou. Ele disse que o dinheiro público está sendo utilizado de forma consciente pelos vereadores. “Gastamos somente naquilo que realmente precisamos, pois sabemos que o prefeito tem um interesse muito grande de fazer as coisas pela cidade, mas a escassez de recursos às vezes atrapalha”, comentou.