Região

Casos de dengue aumentam e Comcam tem duas cidades em situação de alerta

Região soma 38 casos confirmados de dengue; 29 autóctones.
Juranda e Nova Cantu com 14 e 10 casos, respectivamente, estão em situação de alerta

O boletim epidemiológico da dengue divulgado nesta semana pela Secretaria da Saúde do Paraná apresenta 38 casos confirmados da doença na Comcam (29 autóctones), e ainda 166 notificações. Os dados são referentes ao período epidemiológico da dengue julho deste ano e segue até julho de 2020.

A dengue já atinge 10 municípios da região, sendo que dois deles, Juranda e Nova Cantu com 14 e 10 casos, respectivamente, estão em situação de alerta. Ou seja, correm risco de enfrentar uma epidemia da doença.

“O momento é de alerta. Com as temperaturas cada vez mais quentes e as chuvas mais frequentes, a tendência é que estes números aumentem ainda mais se a população descuidar”, alertou o chefe da 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão, Eurivelton Wagner Siqueira.

As cidades com casos de dengue são Barbosa Ferraz (1);Boa Esperança (1); Fênix (2); Goioerê (1); Janiópolis (2); Juranda (14); Moreira Sales (2); Nova Cantu (10); Peabiru (1); e Quinta do Sol (4). Até o momento Campo Mourão não confirmou nenhum caso da doença dentro do novo ciclo epidemiológico.

De acordo com Siqueira, o número de casos reforça a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. Segundo ele, o apoio da população na luta para acabar com os criadouros do mosquito é imprescindível. “Sabemos que esta associação – chuva e calor- é favorável à proliferação do mosquito, por isso é importante que a população não baixe a guarda”, ressaltou.

A dengue é a arbovirose mais prevalente no estado. Pesquisa da Vigilância Ambiental SESA aponta que mais de 73% dos criadouros estão nos imóveis residenciais e comerciais. A 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão tem um Comitê Gestor da Dengue, com a participação de órgãos e entidades parceiras, além disso as cidades da região contam com Comitês Municipais. Estes grupos discutem periodicamente a situação da dengue, monitoram e avaliam as ações e implantam medidas para o enfrentamento da doença.

Para o mês que vem a Secretaria Estadual de Saúde está organizando o Dia “D” da Dengue em todos os municípios. O objetivo é promover uma grande mobilização social visando manter a população informada sobre os principais locais de proliferação do vetor, sinais e sintomas das arboviroses e situações de risco para a dengue. Será no dia 30 de novembro com a participação dos municípios e das 22 Regionais de Saúde do Paraná..

Boletim

O Boletim Semanal da Dengue aponta que dos 596 casos confirmados no Estado, 479 são autóctones, contraídos no município de residência, e 22 importados, que significa que as pessoas contraíram a doença fora da cidade onde moram. O Paraná totaliza 5.281 notificações para a dengue.