Paraná

Cida busca reforçar diálogo com agentes penitenciários

(Foto: Jonas Oliveira/Governadoria)

Reforçar o diálogo com os agentes penitenciários que atuam no sistema prisional paranaense foi o principal tema da reunião nesta terça-feira (24), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, entre a governadora Cida Borghetti e a diretoria do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen).

De acordo com a governadora, os profissionais que trabalham nas penitenciárias têm muito o que contribuir com a elaboração de políticas públicas para o setor. “Vamos estabelecer uma pauta positiva com a categoria para buscar soluções para o sistema penitenciário”, disse. “É uma necessidade do Governo do Estado abrir este canal de diálogo e ouvir as sugestões dos agentes que atuam no dia a dia do sistema prisional. Somente desta forma vamos conseguir as melhorias que desejamos”, afirmou Cida.

A atual presidente do Sindarspen, Petruska Sviercoski, afirmou que os cerca de três mil agentes penitenciários do Paraná podem contribuir para trazer mais segurança ao sistema prisional. “A abertura de diálogo demonstra que a governadora tem a intenção de dar um olhar especial para o sistema penitenciário. Nós precisamos melhorar a nossa estrutura, tanto física como de pessoal, para poder atender os presos”, afirmou.

No dia 1º de maio (terça-feira), uma nova diretoria toma posse no sindicato. O agente penitenciário Ricardo Miranda será o novo presidente da entidade. O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli também participou da reunião.

Agentes de cadeia

Também nesta terça-feira, Cida Borghetti se reuniu com representantes dos agentes de cadeia, que trabalham nas carceragens das delegacias de polícia do Paraná. Acompanhados da deputada estadual Maria Victória, eles apresentaram as demandas da categoria, que conta com cerca de 1,2 mil profissionais.