Esportes

Com retorno decisivo de Geromel, Grêmio vence Ceará e encosta no G6

Na partida que marcou a volta do capitão Pedro Geromel aos gramados depois de um mês, o zagueiro balançou as redes e o Grêmio derrotou o Ceará por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS), pela 24ª rodada. O jogo não foi realizado em Porto Alegre (RS) porque a Arena do Grêmio recebeu nesta quarta o show da banda Iron Maiden.

A vitória depois de uma derrota e um empate colocou o Grêmio na cola do G6, na sétima colocação, com os mesmos 38 pontos do rival Internacional, mas atrás no número de vitórias (11 contra 10). Por outro lado, o Ceará chegou ao décimo jogo de jejum e entrou na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 23 pontos.

O Ceará quase surpreendeu logo aos dois minutos. Mateus Gonçalves fez fila na defesa tricolor, mas na hora da finalização foi travado por Michel. A bola saiu pela linha de fundo. O primeiro lance polêmico veio quando Pepê caiu dentro da área e pediu pênalti, mas a árbitra nada marcou.

Aos 16, David Braz soltou a bomba de fora e o goleiro espalmou para escanteio. No lance seguinte, Luan, em posição de impedimento, teve o gol anulado. A resposta do Ceará veio com João Lucas, que invadiu a área e bateu cruzado para boa defesa de Paulo Victor.

A partida era aberta com chances para os dois lados. Aos 27, Mateus Gonçalves finalizou colocado e o goleiro tricolor espalmou. No rebote, Fabinho acertou a trave. A bola sobrou para Pedro Ken finalizar rasteiro, mas no meio do caminho ela desviou no volante alvinegro, que estava impedido. Mais um gol anulado pela arbitragem.

De volta depois de um mês afastado por contusão, Pedro Geromel abriu o placar para o Grêmio aos 34 minutos. Luan cobrou escanteio e o zagueiro desviou de cabeça na primeira trave. Aos 41, Diego Tardelli foi derrubado por Valdo dentro da área e a árbitra assinalou pênalti, convertido por Maicon.

O Ceará ainda teve tempo para diminuir no primeiro tempo, dois minutos depois do Grêmio ter feito o segundo. Tiago Alves cruzou e Fabinho subiu livre, cabeceando no canto de Paulo Victor.

O técnico Adilson Batista promoveu duas alterações no intervalo - Ricardinho e Juninho Quixadá entraram nos lugares de Mateus Gonçalves e Felippe Cardoso, respectivamente. Logo aos cinco minutos, Ricardinho arriscou de longe e exigiu boa defesa de Paulo Victor.

A resposta do Grêmio veio em finalização de Luan, defendida em dois tempos por Diogo Silva. Na sequência, o camisa 7 tricolor recebeu de Maicon e bateu por cima. Mais uma boa oportunidade desperdiçada pelo time gaúcho. Depois de cair de ritmo, o jogo voltou a ganhar intensidade nos minutos finais.

Aos 37, João Lucas arriscou de longe e Paulo Victor espalmou para escanteio. E quase o Ceará chega ao empate aos 44. Juninho Quixadá deu passe açucarado para Ricardinho. Livre de marcação, o meia bateu rasteiro na saída de Paulo Victor, mas a bola passou raspando a trave.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 25ª rodada. O Grêmio encara o Atlético-MG, às 19 horas, no Independência, em Belo Horizonte (MG). O Ceará recebe o Avaí, às 16 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 x 1 CEARÁ

GRÊMIO - Paulo Victor; Léo Moura (Rafael Galhardo), David Braz, Pedro Geromel e Cortez; Michel, Maicon, Alisson, Luan (Thaciano) e Pepê; Diego Tardelli (André). Técnico: Renato Gaúcho.

CEARÁ - Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, Pedro Ken, Willian Oliveira (Auremir) e Thiago Galhardo; Mateus Gonçalves (Ricardinho) e Felippe Cardoso (Juninho Quixadá). Técnico: Adilson Batista.

GOLS - Pedro Geromel, aos 34, Maicon, aos 41, e Fabinho, aos 43 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Edina Alves Batista (SP).

CARTÕES AMARELOS - Pedro Ken e Willian Oliveira (Ceará).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).