Região

Criança tenta suicídio supostamente influenciada por jogo da “Momo”

["\u201cMomo\u201d \u00e9 um apelido dado \u00e0 escultura de uma jovem mulher com longos cabelos negros, grandes olhos, um largo sorriso e pernas de p\u00e1ssaro"]

Uma criança de apenas 4 anos de idade tentou cometer suicídio em sua residência no Jardim Curitiba, em Goioerê, nesse final de semana, supostamente influenciada pelo jogo da boneca “Momo” . A situação foi registrada no sábado (9).

De acordo com a família do menino, seu comportamento estranho chamou a atenção. Primeiro o garoto tentou cortar os dois pulsos com uma faca, causando ferimentos. Depois o menino agarrou o pescoço do pai com muita força, em uma tentativa de enforcá-lo. O fato aconteceu há poucos dias.

Na tentativa de descobrir o que estava acontecendo, a família começou então a observar os hábitos da criança, chegando à conclusão que poderia ser influência de vídeos que o menino assistia na internet. Paralelo a isso, os pais viram um alerta relatando que vídeos de conteúdo infantil estão sendo interrompidos pela boneca "Momo", com cenas que ensinam a prática do suicídio às crianças.

Apesar de a criança não falar, os pais do menino acreditam que foi isso que o incentivou a cortar os pulsos. A situação foi repassada ao Conselho Tutelar da cidade que acompanha a situação.

JOGO DA “MOMO”

O jogo da “Momo” começou no início de 2018 se disseminou no Brasil no segundo semestre daquele ano. Para participar do jogo, o jogador tem de cumprir alguns desafios, que podem levar à automutilação e ao suicídio.

O jogo "Momo do Whatsapp" começa quando a criança ou adolescente adiciona a boneca "Momo" a algum dos seus grupos do aplicativo. A personagem é o avatar de uma mulher parecida com uma ave de olhos esbugalhados. Ela irá instruir os participantes do grupo a cumprirem certos desafios, entre os quais o último é cometer suicídio.

Se os participantes se recusarem a participar, eles são ameaçados com uma "maldição" ou "feitiço maligno". Durante o ano passado, foram registradas várias tentativas de suicídios por jovens e adolescentes influenciados pelo jogo.

ORIGEM DA “MOMO”

“Momo” é um apelido dado à escultura de uma jovem mulher com longos cabelos negros, grandes olhos, um largo sorriso e pernas de pássaro. Em 2018, sua imagem ficou associada a uma lenda urbana envolvendo um número de telefone do WhatsApp que envia mensagens perturbadoras para aqueles que tentam entrar em contato com ela.

Após o alerta sobre a “Momo”, a estranha criatura sumiu da internet por alguns meses, retornando em fevereiro deste ano, desta vez atrelada a um desafio viral que surgiu no Whatsapp.

O desafio se assemelha ao antigo “Desafio da Baleia Azul”, que foi acusado de promover suicídio e atos de violência entre crianças em todo o mundo.

A imagem do momo perfil da “Momo” não é uma pessoa, muito menos um espírito. É uma escultura que foi criada pela empresa japonesa de efeitos especiais Link Factory, que depois foi exposta em um museu localizado no distrito de Ginza, em Tóquio.

Chamado de 'Vanilla Gallery', este lugar é conhecido por fazer exposições de arte alternativas e aterrorizantes. Em 2016 eles abriram uma exposição sobre fantasmas e espectros, na qual esta escultura humanoide de "mulher-pássaro" se destacou.

Muitos visitantes foram ao local para tirar fotos com esta escultura perturbadora, que posteriormente foi utilizada por alguém para amedrontar pessoas na Internet.