Região

“É um momento histórico”, diz prefeito sobre títulos de propriedade a famílias

70 famílias de ex-sem-terra receberam os títulos definitivos das terras.

O superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Paraná , Walter Nerival Pozzobom, fez no sábado (12), a entrega dos títulos de propriedade a 70 famílias do Assentamento Santo Reis, na comunidade São Jorge, em Nova Cantu. A solenidade contou também com a presença do assessor técnico do gabinete da superintendência do Incra/Paraná, José Jorge da Luz e do deputado Federal Toninho Wandscheer (PROS).

O prefeito da cidade, José Carlos Gomes (PDT), disse ontem em entrevista à TRIBUNA, que a entrega dos títulos é um momento histórico ao município e às famílias que receberam o direito de posse dos terrenos. “Do início do assentamento há mais de 30 anos atrás até hoje foi uma grande luta dessas famílias sempre persistindo para a legalização da situação. Este momento é emocionante já que todos agora têm definitivamente a posse de suas terras”, ressaltou. Nova Cantu foi o segundo município do Paraná em que as famílias recebem o título de suas propriedades.

As famílias ocupam a área, de aproximadamente 1.580 hectares, há cerca de 30 anos, desempenhando produção agrícola variada, além de leite e carne. “É um momento bastante importante para essas pessoas. O grande sonho da maioria dessas famílias era receber este título”, ressaltou o prefeito.

Ele frisou que por diversas vezes esteve reunindo com o superintendente do Incra solicitando a entrega dos títulos de posse aos moradores do assentamento. “Essas pessoa terão sua situação resolvida definitivamente e segurança jurídica para viver, produzir e gerar renda. A titulação vai possibilitar às famílias acessar políticas públicas como créditos de Pronaf, por exemplo”, comentou Gomes.

Segundo informações, há algum tempo, 46 famílias do local tinham recorrido à Justiça para conseguir o título de posse das terras. “Mas o juiz determinou que fosse entregue paras todas as 70 famílias do local”, informou o prefeito. Segundo ele, o local possui uma das melhores terras do município. “É uma região bem plana e as terras são muito férteis”, observou.

Cada família irá recebeu cerca de 12 hectares de terra. O valor de cada título é de aproximadamente R$ 1,7 mil, que será pago com três anos de carência em um prazo de 20 anos sem juros e correção. O município tem ainda outros dois assentamentos - o Nova Jerusalém e José Arnaldo dos Santos -, onde residem atualmente cerca de 100 famílias de assentados.

Presentes

Participaram também da entrega dos títulos o ex-deputado estadual Alisson Wandscheer, o delegado federal de Desenvolvimento Agrário do Paraná, Marcos Vilas Boas Pescador, vereadores, Fladimir de Matos e Roger Gomes, o secretário de Agricultura de Nova Cantu, José Francisco Pereira, o presidente da associação do Assentamento, Evaldo Baron, entre outras lideranças locais.