Região

Emater incentiva e fortalece produção leiteira na região

Buscando o fortalecimento da produção leiteira e o incentivo aos produtores para permanecerem no campo, o Instituto Emater presta assistência técnica para inúmeras famílias em vários municípios na Comcam.

Na região, a atividade faz parte dos projetos prioritários do Instituto, que conta com 20 servidores envolvidos para atendimentos e assistência a aproximadamente 600 produtores que exploram uma área de 6 mil hectares de pastagens, perfazendo um rebanho de 10 mil animais.

Dentro do programa de assistência técnica, o Emater de Iretama, em parceria com a secretaria da Agricultura do município vem intensificando os trabalhos através de metodologias grupais e individuais com os produtores de leite visando atender o maior número de produtores possíveis.

Nesta semana, por exemplo, foi realizada uma reunião na comunidade do Junqueira, localidade onde 70% das famílias vivem da renda do leite. O produtor Sandro Nazareno, que participou do encontro destacou a importância da assistência prestada aos produtores pelo Instituto. “É com muita alegria que recebemos essas orientações, precisamos muito de assistência técnica para poder produzir mais leite e com isso aumentar nossa”, falou.

Durante a reunião, foram feitos vários cadastros de produtores que serão assistidos e atendidos como Unidades de Produção Familiar (UPF-) pela Emater. A pretensão do Instituto no município é melhorar os índices zootécnicos e produtivos das propriedades e consequentemente a renda dos produtores com melhoria da qualidade de vida e sustentabilidade da atividade.

Segundo dados, o Paraná é o terceiro maior produtor de leite do Brasil com 3,9 bilhões de litros por ano e representa a cadeia produtiva mais importante para os agricultores familiares do Estado. A produção é obtida por 110 mil produtores, dos quais 86% são pequenos produtores com até 250 litros diários. O sistema é baseado na produção a pasto, sendo que a maioria das propriedades tem até 50 hectares.