Região

Encontro discutirá adoção na comarca de Iretama

["Encontro ser\u00e1 aberto em Iretama na pr\u00f3xima segunda-feira prosseguindo at\u00e9 o dia 24 deste m\u00eas"] (Foto: Walter Pereira)

O Fórum da Comarca de Iretama realiza a partir da próxima semana o “Encontro de Preparação Online para Pretendentes à Adoção”, programa do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR). De acordo com a programação, os encontros serão realizados nos dias 8, 10, 15, 17, 22 e 24 de outubro, sempre às 19 horas, no Fórum de Iretama.

De acordo com a juíza de direito da comarca de Iretama, Ana Carolina de Oliveira, a participação no curso de preparação consiste em requisito para pedido de habilitação à adoção e registro no Cadastro Nacional de Adoção do Conselho Nacional de Justiça.

Poderão participar os postulantes que se encontram em processo de habilitação, bem como a rede de apoio do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente - servidores do judiciário, Ministério Público, defensoria pública, Conselho Tutelar, instituições de acolhimento, além de profissionais da política de assistência social, saúde e educação. Ao final do encontro os participantes com frequência integral serão certificados.

O “Encontro de Preparação Online para Pretendentes à Adoção” é uma proposta da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) e do Conselho de Supervisão dos Juízos na Infância e Juventude (CONSIJ-PR), em parceria com a Escola da Magistratura do Estado do Paraná, equipe técnica da Vara da Infância e Juventude do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana Curitiba, Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA) e o Grupo de Apoio à Adoção Consciente (GAACO).

A ação tem como objetivo geral, oferecer a oportunidade de participação dos postulantes à adoção, em encontros de reflexão para a adoção, nas Comarcas que não dispõe de equipe multidisciplinar, promovendo informações e orientações aos postulantes no que tange ao funcionamento da Vara de Infância, as fases processuais, o Cadastro Nacional de Adoção e demais aspectos legais do processo, além de prestar informações e orientações, referentes aos aspectos psicossociais e às características das crianças e adolescentes que se encontram aptas a adoção, sensibilizando as equipes técnicas sobre a importância do acompanhamento sistemático nos estágios de convivência, na adoção e no pós-adoção.

No total, 65 comarcas aderiram ao projeto, que conta com 870 inscritos no Estado do Paraná. Da região, participam do programa as comarcas de Campo Mourão e Iretama. Durante os encontros, os participantes do curso poderão interagir com os expositores retirando dúvidas.