Região

Família faz rifa beneficente para tratamento de criança de 4 anos que teve pés amputados

Criança sofreu uma infecção bacteriana, perdendo os dois pés.
O pequeno Luiz Gustavo (foto), ficou 4 meses internado na UTI por conta da infecção bacteriana, o garoto teve de amputar os dois pés

A família do pequeno Luiz Gustavo Moreira dos Santos, de apenas 4 anos de idade, da cidade de Engenheiro Beltrão, lançou uma rifa beneficente no valor de R$ 10,00 cada uma para ajudar o menino no tratamento de uma leucemia. Ele foi diagnosticado com a doença há dois anos e meio e desde então vinha realizando o tratamento de quimioterapia no Hospital das Clínicas, em Curitiba. Porém, foi infectado por uma bactéria durante o tratamento tendo de amputar os dois pezinhos. O garoto recebeu alta do hospital na última quarta-feira (10), está em casa e, apesar de todos os problemas, passa bem.

As rifas podem ser adquiridas com a mãe do menino, Amanda Sabrina dos Santos, 24, que está desempregada, pelo telefone (44) 9749-3642. Vários brindes estão sendo doados pela comunidade e empresas locais. O sorteio será no próximo dia 24, durante a Feira do Produtor. “Só temos a agradecer a todos que estão nos ajudando”, disse Amanda. Além da rifa, a família está com a campanha de arrecadação nas redes sociais #TODOSPELOGUH, aceitando também doações de cestas básicas, fraldas para o garotinho, e até mesmo quantias em dinheiro. Veja abaixo o número da conta para casos de doações em dinheiro.

Amanda relatou que os dois pés do filho necrosaram devido à ação da bactéria, sendo necessária a amputação dos membros já que ele corria risco de vida. O menino ficou quatro meses internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após a infecção bacteriana. Segundo a mãe, fazem apenas três semanas que ele fez a amputação. “Ele era muito brincalhão, corria um monte, agora fica quietinho, só sentadinho no sofá e do sofá para a cama”, lamentou, ao comentar que está recebendo o apoio de toda a sociedade. “Como a cidade é pequena muita gente conhece a família e fica comovida com a história”, falou.

A boa notícia, informou a mãe, é que novos exames apontaram que o organismo do filho reagiu bem à quimioterapia, não aparecendo mais vestígios de leucemia em seu corpo. “Agora estamos acompanhado fazendo exames periódicos”, relatou.

Amanda disse que além do pagamento de despesas, o dinheiro arrecadado com as rifas será guardado para a compra de próteses para Luiz Gustavo para que ele possa ter uma vida o mais normal possível. “Sabemos que hoje tem próteses que permitem à pessoa amputada praticamente uma vida normal. Vamos nos esforçar para que isso seja possível ao Luiz Gustavo”, falou a mãe, ao comentar que o marido, que era caminhoneiro, também ficou desempregado após deixar o trabalho para ficar em casa ajudando a cuidar do filho.

Além de Luiz Gustavo, Amanda tem também uma bebezinha recém-nascida, de apenas sete meses. “A situação de desemprego do meu esposo dificultou ainda mais a nossa situação”, lamentou. Segundo ela, algumas pessoas têm ajudado com doações em pequenas quantias em dinheiro. “Tem gente que nos ajuda com R$ 10,00, outras dão R$ 20,00 e assim vamos recebendo todo o tipo de ajuda”, disse.

Ela acrescentou que apesar da pouca idade, o filho já entende que está sem os pés. “Ele é bem bonzinho nem pergunta o que aconteceu. Explico a ele que os pezinhos foram amputados porque estavam muito dodói”, frisou. A mãe tenta também uma dermatologista para cuidar da pele da criança, que foi bastante afetada pela bactéria. “Já estamos tentando pelo SUS, mas sabemos que vai ser demorado”, disse.

Doação em dinheiro

Interessados em contribuir com Luiz Gustavo com doações em dinheiro podem fazer o depósito em nome de Amanda Sabrina dos Santos na seguinte conta:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

AGÊNCIA

3734

OPERAÇÃO

013

CONTA POPUPANÇA

00006643-6