Policial

Furtos continuam fazendo vítimas em Campo Mourão

Das ocorrências atendidas pela Polícia Militar em Campo Mourão, a maior parte está relacionado a crimes contra o patrimônio, onde predominam os furtos a residências e estabelecimentos comerciais. Na quarta-feira (13), pelo menos três crimes desta natureza foram registrados.

No Lar Paraná, uma loja localizada na Avenida John Kennedy teve o forro arrombado durante a noite. Quando o proprietário chegou pela manhã verificou que haviam sido furtados 30 camisetas, 20 bonés e 10 pares de tênis. A vítima contou que no dia anterior dois indivíduos suspeitos estiveram no local e compraram dois bonés. Outro detalhe que chamou a atenção é que foram deixadas algumas roupas no local do crime, semelhantes às usadas pelos rapazes que estiveram na loja. 

No Parque das Acácias, o alvo foi uma residência na Rua José Pedroso Fabri. A porta foi arrombada e do local foram furtados dois celulares e um relógio de pulso.  Outra casa foi arrombada no Jardim Maria Barleta e o ladrão levou um televisor de 42 polegadas, um notebook, diversos frascos de perfumes e uma mala com peças de roupas femininas. 

Na terça-feira foi arrombada a janela de uma residência na região central. Quando o morador chegou notou que foram furtados  um vídeo game PlayStation e dois notebooks. Em todos os casos  Polícia Militar fez diligências mas não conseguiu localizar os autores dos crimes. 

Na semana passada, o sargento J. Silva, da Polícia Militar, disse que a maior parte dos furtos, especialmente de eletroeletrônicos, está relacionada ao tráfico de drogas. “Geralmente eles furtam para trocar por drogas ou  vender a preços baixos para comprar essas substâncias tóxicas”, explicou o policial.