Esportes

Guarani consegue regularizar o técnico Vinícius Eutrópio para estreia na Série B

O Guarani conseguiu inscrever Vinícius Eutrópio para a estreia do Campeonato Brasileiro da Série B. Em meio a um impasse, o presidente Palmeron Mendes Filho conseguiu uma garantia da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para publicar o nome do treinador no Boletim Informativo Diário (BID). O problema envolvia a rescisão com Osmar Loss, técnico que trabalhou no time no Campeonato Paulista, que ainda não chegou a um acordo com o clube.

Desde 2017, após o desastre com o avião da Chapecoense, a CBF adotou uma postura mais rígida com os direitos trabalhistas dos treinadores. Um projeto de lei foi apresentado ao Congresso, batizado de Lei Caio Júnior, mas ainda não foi aprovado. Ainda assim, a entidade passou a inscrever os profissionais no BID e assumir o seguro de vida dele. Entre outras obrigações, os clubes devem honrar os contratos, sob risco de punição.

O Guarani demitiu Osmar Loss há mais de um mês, após a eliminação na primeira fase do Campeonato Paulista. Só que o clube ainda não conseguiu chegar a um acordo com o treinador para pagar a multa de R$ 720 mil pela rescisão de contrato. Desde então, temia não poder inscrever Vinícius Eutrópio.

Agora, regularizado, o técnico estreia no próximo sábado, às 16h30, contra o Figueirense. Mesmo com Eutrópio regularizado, o Guarani segue com a obrigação de quitar sua dívida com Loss. Se deixar postergar este acordo, o clube corre o risco do treinador entrar na Justiça cobrando seus direitos e ir a julgamento no STJD, correndo o risco de perder pontos na Série B.