Brasil

Jungmann: MP que repassa verba de loterias à segurança é 'grande legado' a Moro

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta quinta-feira, 22, que a aprovação da Medida Provisória que destina recursos das loterias à segurança pública é um "grande legado a Sergio Moro", futuro ministro da Justiça e Segurança Pública no governo de Jair Bolsonaro.

Jungmann afirmou ainda que a aprovação da matéria no Congresso Nacional "é a maior conquista do setor em décadas".

A MP foi aprovada na Câmara e no Senado nesta semana e agora segue para sanção presidencial.

Jungmann explicou que os recursos previstos na MP irão financiar "equipamentos, tecnologia, preparo, capacitação, armas, tudo aquilo que se faz necessário para melhorar a capacidade operacional das nossas polícias".

Além da Segurança Pública, o texto destina parte da arrecadação das loterias federais para as áreas da Cultura e do Esporte. Para a Segurança Pública, a MP prevê um repasse anual de cerca de R$ 1 bilhão; para o Esporte, R$ 630 milhões; e para a Cultura, R$ 443 milhões.

O ministro também elogiou a escolha do general Carlos Alberto dos Santos Cruz para o cargo de secretário nacional de Segurança Pública no novo governo. "É um dos profissionais mais qualificados em inteligência militar e de segurança pública", disse. "Ele esteve aqui conosco e saiu por desejo dele, não nosso", completou o ministro.