Região

Justiça condena ex-prefeita e ex-vereadora por improbidade

O juiz da Comarca de Campina da Lagoa, Igor Padovani de Campos, condenou a ex-prefeita do município de Nova Cantu, distante 129 quilômetros de Campo Mourão, Elza Aparecida Rodrigues (PMDB) e a ex-vereadora Marizete Aparecida Braga (PTB) - gestão 2013/2016-, pela prática de crime de improbidade administrativa. Elas podem recorrer da decisão.

A condenação teve como base uma ação civil pública do Ministério Público (MP) da Comarca. A promotoria denunciou que Marizete ocupou o cargo de secretária da Apae do município de 1999 a 2013, mas nunca teria prestado serviços para a entidade. Em vez disso, no período, trabalhava em um escritório particular pertencente à ex-prefeita. Elza administrou a cidade de 2005 a 2012 e também ocupou o cargo de presidente da Apae, entre 2002 a 2007.

O MP apontou que a ex-vereadora prestava serviços particulares à ex-prefeita, mas era remunerada com recursos públicos, configurando a hipótese de funcionária “fantasma”. Ainda segundo a promotoria, no período, a ex-prefeita celebrou convênios com a Apae para repasse de verbas destinadas principalmente ao pagamento dos salários de Marizete. Elas negam a acusação. Leia reportagem completa na versão imprensa da TRIBUNA desta terça-feira (13).