Região

Mais cinco municípios iniciam recadastramento biométrico na Comcam

Quem não providenciar biometria terá o título cancelado.
["Recadastramento biom\u00e9trico torna o processo eleitoral mais transparente e seguro"]

As Comarcas Eleitorais de Engenheiro e Ubiratã iniciaram nessa segunda-feira (20) o recadastramento biométrico. De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ao todo 44.043 eleitores em cinco cidades das duas comarcas farão a biometria, que segue até o dia 30 de agosto deste ano.

Em Engenheiro Beltrão são 10.913 eleitores, a comarca abrange também as cidades de Fênix com 3.938 eleitores e Quinta do Sol (4.369). Já em Ubiratã são 18.652 eleitores e Juranda (6.171). O recadastramento biométrico vem sendo feito também nos municípios de Araruna; Peabiru; Goioerê; Moreira Sales; Quarto Centenário e Rancho Alegre d’Oeste.

O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores, inclusive para aqueles que têm o voto facultativo (entre 16 e 18 anos e os com mais de 70 anos que possuem título de eleitor). Quem não regularizar a situação terá o título eleitoral cancelado, sofrendo ainda uma série de restrições, como não se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, ficará impedido de obter passaporte ou carteira de identidade; entre outros.

Na comarca de Engenheiro Beltrão, onde pouco mais de 19 mil eleitores passarão pelo cadastro, o chefe do Fórum Eleitoral da cidade, Geovani Casagrande explica que só deve fazer o recadastramento quem ainda não fez a biometria. No município vários eleitores já têm o cadastro biométrico. “Estes eleitores que já fizeram o procedimento não precisam fazer novamente”, ressaltou. Casagrande pede que os eleitores compareçam com antecedência para regularizar a situação. “Quem não providenciar a biometria terá o título cancelado”, alertou.

Já na comarca de Ubiratã, que abrange a cidade de Juranda, além do recadastramento biométrico, várias sessões eleitores sofrerão mudanças de locais, conforme o chefe do Fórum Eleitoral de Ubiratã, Alessandro Martins Sandrini. Segundo ele, as informações serão publicadas em edital. Em Ubiratã aproximadamente 18.652 eleitores farão o recadastramento biométrico enquanto em Juranda são 6.171. “Vamos ter uma estrutura especial para atender a demanda com 8 guichês”, explicou Sandrini, que também pediu aos eleitores que façam a atualização com antecedência. “Orientamos que façam o agendamento online para um atendimento mais planejado já que vamos receber eleitores de Juranda também”, orientou.

Sandrini argumentou que além de ampliar a segurança do pleito, a identificação biométrica possibilita evitar casos de duplicidade ou multiplicidade de inscrições no Cadastro Nacional de Eleitores, mediante a utilização do sistema AFIS (Automated Fingerprint Identification System). Essa ferramenta tecnológica permite fazer o batimento eletrônico das dez impressões digitais de cada eleitor cadastrado com as digitais de todos os eleitores registrados na Justiça Eleitoral, para garantir que o registro de cada eleitor seja único.

Por meio do sistema AFIS, é possível comparar até 160 mil impressões digitais por dia, o que pode ser ampliado, se necessário. Para o recadastramento, a pessoa deve estar munida com título eleitoral, comprovante de endereço, documento oficial de identidade com foto e para o sexo masculino de 18 a 45 anos, comprovante de Alistamento Militar.

RECADASTRAMENTO BIOMÉTRICO NA REGIÃO

Municípios

Início

Término

ENGENHEIRO BELTRÃO

20/05/2019

30/08/2019

FÊNIX

20/05/2019

30/08/2019

QUINTA DO SOL

20/05/2019

30/08/2019

JURANDA

20/05/2019

30/08/2019

UBIRATÃ

20/05/2019

30/08/2019