Campo Mourão

Mais de 1.700 pessoas prestigiam palestra com Marcelo Tas

(Foto: Nilson Hort)

O influenciador digital e jornalista Marcelo Tas realizou a palestra de encerramento do X Congresso Científico da Região Centro-Ocidental do Paraná (Conccepar), promovido pelo Centro Universitário Integrado. A atração ocorreu na noite de sexta-feira (17), no Cannuce Eventos e reuniu mais de 1.700 pessoas, entre universitários, autoridades e comunidade em geral.

Na palestra, Tas abordou o impacto das transformações digitais no empreendedorismo e fez um resgate histórico da evolução da mídia no Brasil e no mundo. “A comunicação não é o que eu falo, mas o que você entende. O mundo mudou. O cliente [consumidor] está no centro das atenções. Você deve fazer a pergunta certa ao seu cliente para entender as suas necessidades e adaptá-las ao seu negócio”, detalhou o palestrante. No encerramento, Tas aproveitou para parabenizar o Centro Universitário Integrado pela organização do evento.

Para a supervisora de Extensão da Instituição e responsável pelo X Conccepar, professora Mariana Pavanelli, o evento foi um sucesso. “Muitas pessoas envolvidas de diferentes localidades se uniram em Campo Mourão com o objetivo de disseminar e adquirir conhecimento. A palestra de sexta-feira marcou o encerramento do Conccepar com chave de ouro. Estavam presentes mais de 1.700 pessoas e, conforme o esperado, o Marcelo Tas fez uma excelente fala sobre comunicação, transformações digitais e empreendedorismo. Em geral, foi show!”, avalia Mariana.

X Conccepar

Com o tema "Um espaço aberto para o conhecimento", a edição deste ano do Conccepar foi iniciada no dia 13 de maio, com show gratuito da dupla Cacio e Marcos, na Praça da Catedral São José, além de apresentações do Espaço Sou arte. Na terça, quarta e quinta-feira, ao todo, foram realizados 67 minicursos, 22 palestras, 10 mesas redondas e cinco visitas técnicas. O evento contou com cerca de 600 trabalhos apresentados, cujos resumos foram submetidos e aprovados. “Tudo isso faz do Conccepar o maior evento científico da região centro ocidental do Paraná, sendo que, nesta edição, participam mais de três mil pessoas”, conclui Mariana Pavanelli.