Policial

Megaoperação busca integrantes de facções criminosas em 14 Estados e no DF

O Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), formado por Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos), realiza na manhã desta terça-feira, 4, uma megaoperação contra integrantes de seis facções criminosas que atuam em diversas regiões do País.

Dezenas de promotores de justiça, com a ajuda de forças policiais, cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em 14 Estados e no Distrito Federal.

As operações acontecem, simultaneamente, nos Estados do Acre, Alagoas, Espírito Santo, Paraíba, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e no DF. O Ministério Público nos Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul também realizam diligências e prisões.

O objetivo principal dessa atividade integrada é prender integrantes das facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC), Comando Vermelho (CV), Terceiro Comando Puro (TCP), Amigo dos Amigos (ADA), Primeiro Comando de Vitória (PCV) e Okaida RB.

Ao todo, estão sendo cumpridos 262 mandados de prisão e 200 de busca e apreensão. Em Tocantins, ainda está sendo feita uma inspeção na Casa de Prisão Provisória de Palmas, com a finalidade de apreender armas, drogas, explosivos, aparelhos de comunicação móvel e cadastros de faccionados.

Em São Paulo, o Gaeco cumpre 59 mandados de prisão e dez de busca e apreensão em face de integrantes da facção criminosa PCC. As ações se dão nos municípios de Americana, Arujá, Cerquilho, Guarulhos, Hortolândia, Jaboticabal, Limeira, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio das Pedras e Santa Bárbara DOeste, e contam com o apoio das Polícias Militar e Civil.