Campo Mourão

Mourãoenses terão oportunidade de operar a “catarata”

Neste sábado, passarão por uma triagem no Hospital de Olhos em Londrina
Neste sábado, passarão por uma triagem no Hospital de Olhos em Londrina (Foto: Assessoria)

Um grupo de mais de 120 pessoas de Campo Mourão, já na terceira idade, literalmente “madrugou” neste sábado, vislumbrando a oportunidade de se livrar de um incômodo que geralmente aparece neste período da vida, que é a “catarata”, que atinge os olhos. Trata-se de um programa do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria da Saúde, que tem por objetivo reduzir a fila de cirurgias, à custo zero. Neste sábado, passarão por uma triagem no Hospital de Olhos em Londrina, para que seja avaliada a possiblidade do processo cirúrgico futuramente. A saída foi exatamente às 4h30. “Sabemos do alto custo que tem um procedimento como este, o que para muitos seria totalmente inviável. Porém, com esta parceria que temos com o Governo do Estado, felizmente conseguimos contemplar alguns dos nossos mourãoenses, e esta é apenas a terceira etapa, já que muitos poderão ainda ser contemplados”, destaca o prefeito Tauillo Tezelli, que estava no local acompanhado do Secretário Especial do Esporte e Turismo do Estado do Paraná e deputado licenciado Douglas Fabrício e do vereador Sidnei Jardim.

A equipe da Secretaria da Saúde do Município de Campo Mourão organizou e preparou toda a viagem, inclusive recepcionando a todos com um café da manhã, complementando todo o bom serviço organizacional e de logística empregado. De acordo com o Chefe do Departamento Administrativo da Secretaria da Saúde, Sérgio Henrique dos Santos, o processo de triagem neste sábado em Londrina passará durante a manhã e tarde deste sábado. Quem viajou esperançosa na possibilidade de se livrar da catarata foi a pioneira Otália Walter, que foi acompanhada de seu filho Valdemar.

Outra das 128 pacientes que viajou foi Izabel dos Santos Diniz, 67 anos. “Esta oportunidade poder fazer a cirurgia pra mim é muito boa. Eu já esperava por muitos anos, pois sem dúvida alguma a catarata incomoda muitas vezes, prejudica muito a visão, é um alívio, evidentemente”, relata a paciente que foi acompanhada por sua filha Edivone.

O prefeito, ainda, em uma rápida conversa com os pacientes, fez questão de agradecer ao Governador Beto Richa por esta ação que vai beneficiar também os cidadãos mourãoenses. “Somos gratos ao governador, ao secretário da Saúde Michele Caputo, ao nosso secretário e deputado estadual licenciado Douglas Fabricio por este momento estar acontecendo. Poder ver estas pessoas vislumbrarem uma possibilidade de cura para esta enfermidade que afeta tantas pessoas sem dúvida para nós, enquanto gestores públicos, é um momento único, imagina então para os próprios pacientes e para os seus familiares”, concluiu Tauillo. Vale destacar que o município vai arcar com os cursos da viagem e dos exames pré-operatórios já realizados.

Catarata

As cirurgias eletivas como a de catarata não têm caráter emergencial, entretanto comprometem a qualidade de vida de quem aguarda a vez de operar. A catarata é uma doença grave que compromete a visão e que, se não tratada adequadamente, pode até levar à cegueira. A maioria dos casos se desenvolve em pessoas com idade mais avançada.