Região

Município incentiva universitários com ajuda de custos para o transporte escolar

A prefeita de Roncador, Marilia Perotta Bento Gonçalves (PSDB) assinou nesta semana, um temo de fomento para que o município continue prestando auxílio no transporte escolar de acadêmicos da cidade para municípios vizinhos como Pitanga e Campo Mourão. Com a assinatura do documento, a prefeitura estará repassando mensalmente a quantia de R$ 21.000,00 à Organização dos Estudantes Acadêmicos (OEAR) para o custeio exclusivo do transporte escolar dos universitários.

O valor será repassado em 10 parcelas, totalizando anualmente a quantia de R$ 210.00,00. Há cerca de quatro anos a administração municipal vem fazendo o repasse à organização, o que tem incentivado os estudantes a continuarem cursando ensino superior, uma vez que sozinhos, não conseguiriam custear o transporte para outras cidades.

“Só temos que parabenizar a prefeita e os vereadores que autorizaram este repasse. Eu como mãe de estudante e professora vejo que os nossos políticos agiram com a razão deixando a política de lado. A maior parte destes alunos que hoje estão se beneficiando desta ajuda serão o futuro da cidade nos próximos anos e com certeza irão contribuir ainda mais do que já estão contribuindo, uma vez que muitos já estão inseridos no mercado de trabalho”, comentou a vice-presidente da OEAR, Adriana de Freitas.

Atualmente 135 acadêmicos da cidade que estão inseridos na OEAR se utilizam do transporte escolar para deslocamento a Campo Mourão e Pitanga. Segundo Adriana, eles desembolsam em média cerca de R$ 210,00 mensalmente cada uma para complementar a outra parte do pagamento do transporte. Conforme ela, se não fosse a ajuda do município, cada um pagaria em média cerca de R$ 500,00 por mês. “Para muitos ficaria inviável cursar o ensino superior, mas graças a este apoio da administração este sonho está sendo possível para os nossos acadêmicos”, ressaltou.

Adriana informou que a OEAR tem um contrato com uma empresa do município de Campina da Lagoa para fazer o transporte dos estudantes. Segundo ela, é pago mensalmente à empresa pelo serviço R$ 38.000,00. “Fizemos um orçamento com outras empresas e esta foi a que conseguimos o melhor preço”, disse.

A empresa disponibiliza dois ônibus e uma van para o transporte dos estudantes, sendo um ônibus de 48 lugares para Pitanga, outro de 46 lugares para Campo Mourão e ainda uma van de 16 lugares também para Campo Mourão. “O transporte é confortável e seguro. Aliás para o repasse do município estas foram as principais exigências da prefeita Marília”, frisou.

Reorganização

Adriana, lembrou que a nova diretoria da OEAR assumiu a entidade no 28 de janeiro e está reorganizando a entidade. Segundo ela, a organização enfrenta dificuldades financeiras e sem a ajuda do município já estaria inviabilizada.

Ela comentou que dentro do processo de reorganização foram contratados um contador e um advogado que estão prestando os serviços a preços bem abaixo de mercado. “São valores quase que simbólicos, que são mais uma ajuda de custo mesmo”, falou. Adriana acrescentou que a nova diretoria está fazendo um balanço detalhado das contas da organização, e que a princípio já foram identificadas dívidas deixadas por gestões anteriores.