Campo Mourão

Onda de furtos preocupa e polícia promete ações para prender criminosos

Para se ter ideia, somente no final de semana foram 10 furtos na cidade.
Polícia Civil e Militar estão atuando em conjunto para chegar a ladrões (Foto: Walter Pereira)

A onda de furtos que assola Campo Mourão há algumas semanas está deixando as autoridades policiais em alerta no município. O delegado chefe da 16ª Subdivisão Policial (SDP) da cidade, Gustavo Pinho Alves, revelou que a Polícia Civil está realizando investigações focadas neste tipo de crime. “As investigações já iniciaram com o objetivo de identificar os elementos que estão praticando os furtos às residências”, ressaltou o delegado, ao dizer que a situação preocupa.

Além dos furtos à residência, as ações contra veículos também preocupam. Somente de sábado (9) até essa segunda-feira (11), a Polícia Militar registrou 10 furtos na cidade, conforme consta nos boletins de ocorrência divulgados a imprensam, sendo 5 a residências e 5 a veículos. Para se ter ideia da gravidade da situação, somente na última quarta-feira (6) foram 8 furtos: 5 casas arrombadas, 2 carros e 1 motocicleta furtados.

As ações criminosas ocorrem em diversas regiões da cidade, tanto na área central como nos bairros. Os criminosos se aproveitam geralmente quando os moradores não estão em casa para agir. Mas em alguns casos, os ladrões são tão ousados que agem até mesmo enquanto as vítimas estão dormindo, conforme algumas situações registradas nos últimos dias.

Alves informou que a Polícia Civil está realizando um trabalho em conjunto com a Polícia Militar (PM) no sentido de identificar os bandidos e prendê-los. “Não estamos medindo esforços para que nos próximos dias nós consigamos identificar estes elementos e, em sendo o caso, recuperar os objetos das vítimas que foram furtados”, afirmou.

O delegado comentou que a polícia trabalha com duas frentes de investigação: identificar os autores do furto e também chegar aos receptadores. “Estamos focados para combater este tipo de crime. Uma coisa é certa, os furtos ocorrem porque tem alguém receptando estes objetos”, ressaltou.

FURTO DE VEÍCULOS

Em relação aos furtos de veículos, Pinho disse que a polícia trabalha com duas hipóteses. A primeira é que talvez elementos de fora estejam agindo em Campo Murão subtraindo veículos e levando para outras cidades. A outra hipótese é possivelmente que oficinas de autopeças estejam recebendo peças provenientes do furto de veículos na cidade.

Ele disse que a Polícia Civil fará diligências em estabelecimentos que fazem revenda de peças de veículos para verificar a situação. “Acreditamos que nos próximos dias serão realizadas diligências com este objetivo com a finalidade de diminuir estes furtos e identificar possíveis receptores destes veículos que estão sendo furtados em Campo Mourão”, ressaltou o delegado.

PATRULHAMENTO

O comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Campo Mourão, major Júlio Vieira Rosa, informou que a polícia está adotando procedimento ostensivo com a intensificação de patrulhamento pela cidade. “Estamos intensificando cada vez mais, ou seja, colocando mais viaturas nas ruas”, frisou. Segundo ele, até mesmo policiais que trabalham no administrativo estão indo às ruas para aumentar a segurança. “Ao mesmo tempo este tipo de ação inibe o indivíduo que queira cometer um ilícito”, argumentou.

Conforme o major, o serviço de informação da Polícia Militar (P2), está trocando informações com a Polícia Civil com o intuito de que a polícia identifique e prenda os criminosos, proporcionando mais segurança para a comunidade. “Apesar de todas as dificuldades não estamos medindo esforços com o objetivo de identificar estes ladrões que estão praticando crimes contra residências em Campo Mourão. Acreditamos que nos próximos dias nós iremos identificá-los e prendê-los”, disse.

DENÚNCIAS

Major Júlio comentou que as denúncias a policia sobre casos suspeitos de criminosos são importantes para resolução dos crimes e prisão dos autores. “A denúncia é um fator muito importante para a prisão destes marginais, nós contamos com a colaboração da população no sentido de que qualquer informação que leve a estes bandidos que estão praticando furtos seja repassada através do 181 ou 190”, pediu.