Policial

PM captura foragido de alta periculosidade em Campo Mourão

Ele foi abordado no jardim Alvorada por uma equipe da Rotam.
Homem tem histórico de violência contra as vítimas (Foto: João Silvestrin)

Uma equipe da Rotam, da Polícia Militar de Campo Mourão, recapturou na tarde desta terça-feira (19), um foragido da penitenciária de Maringá. O condenado foi identificado como Rodrigo Pitanga. A prisão aconteceu no jardim Alvorada, durante uma abordagem de rotina.

De acordo com o sargento J. Silva, o indivíduo estava em um local conhecido por ser ponto de tráfico de drogas. “Fizemos a abordagem e nada de ilícito foi encontrado. Porém, quando pegamos o documento dele para verificar sua situação no sistema da PM, apontou que ele tinha um mandado de prisão em aberto”, comentou o sargento.

Conforme J. Silva, no momento em que o condenado ouviu no rádio da PM informando que constava conta ele um mandado de prisão, entrou em luta corporal com um dos componentes da equipe e fugiu para o meio de um matagal. No entanto, foi encontrado posteriormente. “Precisou bastante esforço da polícia para localizá-lo”, frisou.

Pitanga tem várias passagens por furto e roubo, crimes praticados com violência. Ele é considerado de alta periculosidade. “As características dele batem com as repassadas por vítimas de furtos. Ele é usuário de crack. Com esta prisão, os crimes naquela região provavelmente vão diminuir”, acrescentou J. Silva.

Segundo o policial, o preso já entrou em luta corporal com uma equipe da PM de Maringá durante uma abordagem, conseguindo fugir. “É de costume dele entrar em luta corporal com policial militar para não ser preso, mas aqui ele não conseguiu”, falou o sargento. O indivíduo se passava por mendigo na cidade para se aproveitar das vítimas.