Policial

Policia prende jovem acusada da morte do próprio padrasto em Campo Mourão

A Polícia Civil de Campo prendeu nesta segunda-feira (14) uma jovem de 21 anos acusada da morte do próprio padrasto em Campo Mourão. A vítima, Rociden Retzlaff Gomes, 40, foi morta no dia 27 de junho de 2015, na rua Porto União, no Jardim Santa Nilce II. Na época, a moça tinha 18 anos e estava grávida de 5 meses. Após o crime ela foi ouvida e respondia o assassinato em liberdade. Porém a 1ª Vara Criminal de Campo Mourão expediu um mandado de prisão contra a jovem pelo crime

Motivação

Três dias após matar o padrasto, a acusada se apresentou à 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão para dar explicações sobre a motivação. Ela chegou à delegacia acompanhada de um advogado. A jovem declarou que no dia do crime aconteceu uma discussão entre ela e a vítima. “A gente nunca se deu bem, eu sai da casa da minha mãe com 14 anos de idade, devido a desentendimentos com ele, que vivia me espancando até que um dia cansei e abandonei a casa”, falou na época a acusada.

Segundo a moça, a relação entre ela e o padrasto ‘nunca foi boa’, mesmo depois de ter ficado por três anos morando com uma tia e, depois com o atual companheiro. A acusada depôs que sempre houve discussões, brigas e até uma tentativa de abuso entre ambos. “Ele era um alcoólatra, não gostava de trabalhar e, no sábado, me agrediu e também ao meu amásio no quintal da casa. Foi onde eu peguei uma faca e dei nele”, relatou.

Ainda conforme a enteada, a confusão teve início após a vítima insistir para que seu amásio alugasse uma casa e saíssem da residência onde moravam. “Eu morava em um quartinho e o meu marido morava com a mãe dele. A gente ia alugar uma casa, mas ele (Rociden) queria que fosse logo. Eu não queria matar, a minha intenção foi de me defender, não sabia que ele havia morrido e só fiquei sabendo no outro dia”, disse a acusada.

O crime

O crime aconteceu no início da noite do dia 27 de junho de 2015, na rua Porto União, no Jardim Santa Nilce II. Rociden Retzlaff Gomes levou uma facada no pescoço. Uma equipe do Samu chegou a ser acionada, mas os socorristas nada puderam fazer. Após cometer o crime, a enteada deixou o local com o companheiro em uma moto.