Entretenimento

Protagonista de 'O Fantasma da Ópera', Thiago Arancam faz show no Tom Brasil

Logo no início do show Bela Primavera, que acontece nesta sexta-feira, 22, no Tom Brasil, o tenor Thiago Arancam já surpreende - ao invés de um começo mais contido, preparando o público para um final arrebatador, ele mostra sua versatilidade ao cantar trechos que incluem ópera, musical e canção pop. Ao ouvido menos treinado, todos podem parecer iguais, mas, para o cantor, é necessária uma exigência vocal para cada modalidade. "Gosto das três formas, pois me permitem apresentar belas canções de cada estilo."

No palco, Arancam vai trafegar tanto por clássicos da ópera como Nessun Dorma a canções de O Fantasma da Ópera, um dos mais amados musicais de todos os tempos (e no qual o próprio Arancam é o atual protagonista nessa temporada paulistana) a canções mais populares como Il Mondo, de Jimmy Fontana, Viva La Vida, do Coldplay, e Hallelujah, de Leonard Cohen. "Cada estilo me ajuda a ter segurança para transitar num outro", explica.

De fato, a turnê do Fantasma exige sua presença em oito sessões por semana. "Isso me ajudou a criar uma resistência psicológica que não era tão necessária na ópera", explica. "Em compensação, minha experiência operística facilita interpretar o Fantasma, pois suas canções têm origem nesse estilo de cantar."

A turnê de Bela Primavera nasceu em Belo Horizonte, no ano passado, e passou por cidades como Rio de Janeiro. Um sucesso em todas as localidades, também por conta do uso da tecnologia com telas de LED. "Mesmo assim, eu sentia a necessidade de uma condução mais profissional", conta Arancam que, por isso, convidou José Possi Neto para a direção. Sábia decisão porque Possi também transita com desenvoltura nos três estilos - ópera, musical e canções pop.

O diretor promoveu pequenas mas decisivas modificações. Agrupou, por exemplo, as músicas de uma forma que fluíssem durante a apresentação, ou seja, que revelassem uma sequência temática. Também orientou o cantor a trocar de figurino em determinados momentos do show. Finalmente, sugeriu a inclusão de mais duas canções, além de mexer no arranjo de outras duas. "Possi ajudou a orientar o espetáculo, especialmente o aspecto mais pop."

"Busquei dar uma unidade ao show", explica Possi, que ficou impressionado com a determinação do cantor. "Ele tem um espírito empreendedor que vejo em pouquíssimos artistas no Brasil, ao mesmo tempo que revela uma incrível personalidade em cena - isso é bom porque o público gosta de se apaixonar pela persona de um grande artista."

Para a apresentação paulista, Arancam terá convidados especiais, como a cantora Zizi Possi e o pianista Miguel Briamonte. A soprano Carmen Monarcha retorna ao palco para dividir com ele os sucessos do Fantasma. A turnê nasceu a partir do álbum homônimo, que marcou o início da carreira popular de Arancam, que vai se apresentar ainda em Fortaleza (5 de abril), Fort Lauderdale, na Flórida, Estados Unidos (12 de maio), Porto Alegre (17 de maio) e no Recife (7 de junho).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.