Campo Mourão

Rádio Colméia muda de frequência, de faixa e de endereço

Empresário Deoclécio Marciano na nova sede da Rádio Colméia.

Depois de 59 anos no ar na faixa AM (Amplitude Modulada) a Rádio Colméia de Campo Mourão migrou para FM (Frequência Modulada). A frequência, de 850 passa para 89,7 e a rádio será chamada Colméia News. O endereço também é novo. Toda a estrutura da emissora foi montada no 9º andar do Edifício Adhara (em frente a Igreja Ucraniana), onde também estão instalados os transmissores.

“Essa mudança significa renovação total, desde o alcance, nova plataforma, melhor qualidade de som, inovação no setor comercial, enfim, uma adaptação às novas exigências de mercado”, explica o diretor Deoclécio Marciano, que trabalha na emissora há 30 anos, dos quais nove no comando. A Colméia foi a primeira rádio de Campo Mourão e em 2019 completa 60 anos.

A migração, autorizada pelo governo federal em 2016, além da modernização garante maior alcance. “Enquanto a AM chegava em 18 municípios, com a FM vamos atingir mais de 30”, informa o empresário, ao lembrar que o período de transição leva de dois a três meses. Mais blocos de notícias e mais música fazem parte das mudanças voltadas a atingir um público diferenciado. “Com a FM muda o perfil do ouvinte, atingindo todas as camadas e o setor comercial também ganha, porque o anunciante também chegará mais longe”, observa Deoclécio.

O empresário ressalta que o mercado é exigente e por isso a rádio está presente também na internet e aplicativos nas mídias sociais. Essa capacidade que o rádio teve de acompanhar as inovações tecnológicas, por sinal, foi o que garantiu sua permanência no mercado. “Quando surgiram essas tecnologias falava-se que o rádio iria desaparecer, mas ocorreu o contrário, graças a credibilidade que a informação transmitida pelo rádio tem”, completa.

A Colméia em Campo Mourão

Oficialmente, a Rádio Colmeia iniciou as atividades em Campo Mourão no dia 2 de agosto de 1959, dirigida por Otávio Rottili. A primeira equipe de funcionários foram Elza Brisola Maciel (discotecária), Aroldo Tissot (locução geral), J. Ambrósio Neto (gerente e locutor esportivo), Natália Domanski (secretária), Raimundo Spacki e Osvaldo Morais (técnicos de som).

O primeiro jornal da Rádio chamava-se “O Mundo em Foco”, inicialmente apresentado por Pedro da Veiga e J. Ambrósio Neto. As vozes mais conhecidas pelo tempo em que ficaram no ar estão a dos locutores Coroné Bastião (já falecido) e Anysio Morais.

O atual diretor começou há 30 anos como office-boy. “Sempre admirei o Anysio Morais e com ele tive um grande aprendizado”, conta Deoclécio, que também trabalhou na sonoplastia, setor financeiro e comercial, locução e gerência. “Graças a experiência adquirida na rádio também me tornei DJ (Disc Jockey)”, acrescenta o empresário. A equipe de trabalho é formada por 12 funcionários, dos quais seis locutores.

Equipe da Rádio no primeiro ano de instalação em Campo Mourão