Região

Recadastramento biométrico gera grande movimento no Cartório Eleitoral de Peabiru

O recadastramento biométrico, que teve início na Comarca de Peabiru no último dia 6, está gerando uma grande movimentação no Cartório Eleitoral da cidade, que atende também eleitores de Araruna. De acordo com o chefe da unidade, Maurício Sanches Leal, da última semana para cá, uma média de 150 a 160 pessoas vem sendo atendida diariamente. Ontem, o volume de atendimentos ultrapassou 200 eleitores. “Está tendo uma boa procura neste início do serviço”, ressaltou Leal.

De acordo com números da Justiça Eleitoral, 21.132 eleitores deverão fazer a revisão em Araruna e Peabiru, sendo 10.711 eleitores na primeira cidade e 10.421 na segunda. Leal orienta os eleitores para que não deixem para regularizar a situação de última hora. “Quem deixar para última hora estará sujeito ao enfrentamento de filas e transtornos”, alertou. As pessoas podem também agendar o horário de atendimento pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A principal vantagem do agendamento é que a pessoa chega e é atendida na hora. Para este serviço estão sendo disponibilizadas entre 40 a 50 vagas/dia.

Leal lembrou, no entanto que o atendimento vem sendo feito também normalmente na sede do Fórum Eleitoral sem a necessidade de agendamento online. “Muitos eleitores estão nos procurando com esta dúvida, quem preferir pode buscar o atendimento diretamente na sede do Cartório Eleitoral”, explicou.

O recadastramento biométrico iniciou na Comarca de Peabiru no último dia 6 e prossegue até o dia 30 de agosto. A medida, adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), visa mais segurança e transparência nas Eleições. O eleitor que não fizer a biometria pode sofrer restrições no CPF, ser impedido de fazer matrícula em instituições de ensino e tomar posse em cargo público, além de ficar sem poder tirar ou renovar passaporte, além disso perderá o título de eleitor.

Leal informou que o Cartório Eleitoral está com uma estrutura exclusiva para atender a demanda de eleitores para a biometria, aumentando o número de guichês de 3 para 12. O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores, inclusive para aqueles que têm o voto facultativo (entre 16 e 18 anos e os com mais de 70 anos que possuem título de eleitor).

Para fazer o recadastramento biométrico, basta comparecer ao cartório eleitoral levando documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. O horário de funcionamento do Fórum Eleitoral de Peabiru é de segunda a sexta-feira, das 12 às 17 horas. A unidade fica localizada na Rua Júlio Carneiro De Camargo, 331.

De acordo com o cronograma da Justiça Eleitoral, o recadastramento biométrico será feito em 11 cidades da Comcam, atingindo aproximadamente 103.307 mil eleitores. A atualização será feita também em Engenheiro Beltrão (10.913 eleitores); Fênix (3.938); Quinta do Sol (4.369); Ubiratã (18.652); Juranda (6.171); Goioerê (22.102); Moreira Sales (9.675); Quarto Centenário (3.839); e Rancho Alegre d’Oeste (2.516).