Esportes

Réver é vetado e Rhodolfo se diz pronto para defender Flamengo no Equador

Rhodolfo já disse estar pronto para começar jogando no Equador.

O técnico Paulo César Carpegiani terá uma importante baixa na defesa do Flamengo para o duelo contra o Emelec, na quarta-feira, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores. Confirmado no lugar do zagueiro titular, Rhodolfo já disse estar pronto para começar jogando no Equador.

Capitão da equipe, Rever foi diagnosticado com um edema ósseo e foi cortado da lista de relacionados que embarcam ainda nesta segunda para o Equador. Carpegiani não confirmou, mas é quase certa a escalação de Rhodolfo na vaga disponível na zaga. "Conversei com o Réver durante a semana e ele estava reclamando de dores. Ele é muito importante para o grupo, nosso capitão", lamentou o substituto. 

O zagueiro disse estar preparado para assumir a vaga de titular. "Venho jogando bem nas partidas, meu entrosamento com o Juan tem sido bom. Será um jogo importante, fora de casa. Temos que ir pensando em vencer. Os outros times do nosso grupo também empataram. A viagem é desgastante, mas vamos focados em fazer um bom jogo", declarou.

Após tropeçar na estreia, ao empatar por 2 a 2 com o River Plate, em casa, Rhodolfo quer ver o Flamengo entrar em campo com a obrigação de vencer, apesar da pressão da torcida equatoriana.

"Jogar no Flamengo tem uma pressão diferente de outros times que já atuei. É uma torcida apaixonada, a maior torcida do Brasil, então é normal essa cobrança. Quero ser campeão aqui, ainda mais da Libertadores, que é uma competição muito importante. Nosso foco tem que ser pensar na vitória e em nossa evolução para, lá na frente, colhermos os frutos", declarou. 

Sobre o rival desta quarta, Rhodolfo admitiu preocupação com a velocidade do Emelec. "Já estudamos algumas coisas da equipe adversária. É muito boa, de qualidade, com jogadores de velocidade", afirmou o defensor.