Campo Mourão

Sessões do Poder Legislativo na próxima segunda e terça-feira

As últimas sessões de caráter ordinário do Poder Legislativo de Campo Mourão neste mês de outubro serão realizadas na próxima segunda e terça-feira (22 e 23/10), a partir das 19 horas, no Plenário Vereador José Pereira Carneiro. Abertas ao público, as sessões serão presididas pelo vereador Edson Battilani (PPS).

De acordo com o roteiro prévio serão deliberados seis requerimentos e 84 indicações protocoladas pelos vereadores nas últimas semanas. Duas indicações legislativas apresentadas por vereadores serão encaminhadas para parecer das comissões permanentes.

A ordem do dia do roteiro prévio prevê a discussão e votação de dois projetos de lei. Um de autoria do Poder Executivo que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do Município. Outro projeto é de autoria da mesa executiva do Poder Legislativo e altera a lei que dispõe sobre o Plano de Carreira e Organiza a Estrutura Administrativa da Câmara de Vereadores, com a regulamentação do cargo de Consultor Legislativo.

Congratulações

Na sessão de terça-feira, a Câmara de Vereadores fará a entrega de Moção de Congratulações ao Hospital Santa Casa de Campo Mourão pela conquista do prêmio “Revelação 2017”, conferido à Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) da instituição.

A homenagem é resultado de proposição apresentada em abril pelo vereador Sidnei Jardim (PPS), subscrita por outros 10 vereadores: Edilson Martins, Elvira Schen Lima, Cícero Pereira de Souza, Miguel Batista Ribeiro, Luiz Alfredo, Edson Battilani, Edoel Rocha, Nelita Piacentini, Sidney Ronaldo Ribeiro – Tucano e Olivino Custódio.

Nos últimos anos, o trabalho de captação de órgãos realizado pela CIHDOTT do Hospital Santa Casa de Campo Mourão vem se intensificando, ganhando destaque no Paraná. Em outubro do ano passado, a comissão foi premiada no Congresso da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).

Todos os hospitais públicos, privados e filantrópicos, com mais de 80 leitos, devem ter uma Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante. As CIHDPOTT’s são responsáveis por organizar o hospital para que seja possível identificar potenciais doadores de órgãos e tecidos para transplante; viabilizar o diagnóstico de morte encefálica; criar rotinas para oferecer aos familiares de pacientes falecidos no hospital a possibilidade da doação e articular-se com a Central de Transplante do Estado para organizar o processo de doação e captação de órgãos e tecidos.