Região

TCE rejeita contas e multa ex-prefeita de Iretama

A ex-prefeita ingressou com recurso de revista da decisão.
Afifi Bitar Saab (PDT). (Foto: Walter Pereira/Tribuna do Interior)

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) rejeitou as contas da ex-prefeita de Iretama, Afifi Bitar Saab (PDT), referente ao exercício financeiro de 2015, penúltimo ano de sua gestão. O TCE alegou para a reprovação, a falta de pagamento de aportes para a cobertura de déficit atuarial do regime próprio de previdência social dos servidores municipais. A ex-prefeita foi também multada em R$ 3,1 mil. Ela recorreu da decisão.

A Coordenadoria de Fiscalização Municipal (Cofim), unidade técnica do Tribunal, apontou a ausência de pagamentos de valores perfazendo a quantia de R$ 343,5 mil, para cobertura do déficit da previdência. Em sua defesa, Filó, como é mais conhecida a ex-prefeita, alegou que havia feito acordo com a presidência da previdência, para que o pagamento fosse realizado em parcelas, com valores que levariam em conta a situação financeira do município.

A quantia deveria ser paga em um período de 240 meses, incluindo valores de aportes de outros exercícios. A então prefeita afirmou, em sua justificativa, que aguardava a votação do projeto para torná-lo lei e definir os termos do parcelamento para efetuar o pagamento.

O Tribunal constatou ainda que os valores relativos aos anos de 2013 e 2014, somando R$ 262, 9 mil, também estavam pendentes de pagamento.

A ex-prefeita ingressou com recurso de revista da decisão, que aguarda novo julgamento pelo Tribunal de Contas.