Região

Thomas Bognar perde a luta para o câncer e morre aos 34 anos

Em tratamento desde janeiro deste ano contra Leucemia Linfócita Aguda (câncer no sangue), o jovem Thomas Zimmerman Bognar, 34, perdeu a luta para a doença e morreu às 11h30 desta sexta-feira (6). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. O corpo será transladado para Campo Mourão, onde residem seus familiares. No entanto, não há informações do velório e sepultamento.

Desde que descobriu a doença, uma rede de amigos e conhecidos se mobilizou para ajudar Thomas na luta contra o câncer. Empresário e atleta, jogava com a camisa 7 pelo time de futebol Luiziana, era muito querido no município. Ultimamente a família vinha realizando uma ‘vaquinha’ on-line - que até esta sexta-feira já havia arrecadado R$ 24.000,00- para custear seu tratamento. Porém não houve tempo.

Thomas fez quimioterapia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas seu organismo não respondeu. Sua família iria iniciar tratamento particular. Ele chegou a encontrar uma doadora compatível de medula óssea, a própria irmã, porém, como estava muito debilitado não estava em condições de receber o transplante. Ele deixa esposa e duas filhas de 8 meses e outra de 7 anos.