Paraná

"Vamos potencializar a vocação do agronegócio no Paraná", diz Ratinho Jr.

(Foto: Rodrigo Félix)

Nesta quinta-feira, 6, o governador eleito Ratinho Júnior participou do Encontro Estadual promovido pelo Sistema Ocepar, que integra três sociedades distintas - Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop-PR) e a Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Fecoopar), no Teatro Positivo, em Curitiba. 

Na ocasião, o presidente da organização, José Roberto Ricken apresentou os principais números do setor relativos a 2018. Neste ano, 215 cooperativas vinculadas ao Sistema Ocepar devem atingir o faturamento de R$ 83,5 bilhões, o que representa um crescimento de 18,9% em relação ao montante obtido no ano passado, que foi de R$ 70,3 bilhões. 

Ratinho Junior foi um dos palestrantes e destacou a importância do agronegócio no Estado. "Nossa vocação é ser o celeiro do mundo, e nós vamos assumir essa bandeira, nós somos a fazenda do planeta, essa é a nossa vocação e é isso que nós vamos assumir.

Me reuni com o presidente Jair Bolsonaro e discutimos um projeto que está parado desde a década de 90 e eu vou desengavetar. Vamos ligar o porto de Paranaguá até o chile, vamos fazer o maior corredor de exportação da América latina. Todo centro oeste brasileiro até o sul vai exportar para a Ásia pelo Chile e para a Europa por Paranaguá".

Ratinho Junior destacou, também, que são os investimentos que geram empregos. "E é por isso que a força do cooperativismo é tão importante para o nosso Estado. Saí deste encontro muito satisfeito e desejo que a parceria do Governo com as cooperativas seja cada vez mais estreita e eficiente", finalizou Ratinho Junior.

Exportações

As exportações do setor atingiram US$ 3,9 bilhões neste ano, montante 17,67% superior ao de 2017.

Investimentos

As cooperativas paranaenses estão fechando o ano contabilizando R$ 1,9 bilhão em investimentos e R$ 2,1 milhões em impostos recolhidos.

Empregos

Neste ano, houve também um aumento de 3,8% nos empregos diretos gerados, passando de 93.144 postos em 2017 para 96.666 neste ano.