Esportes

Vasco perde chances e fica no empate com o Avaí na Ressacada

O Vasco criou chance atrás de chance, mas não conseguiu colocar a bola para dentro e por isso ficou no empate sem gols com o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), nesta quinta-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida desta noite pode ter sido a última de Alberto Valentim no clube catarinense. O treinador está perto de acertar seu retorno para o Botafogo. Ele deixa o time na penúltima colocação, com 17 pontos, e sem vencer há quatro jogos, à beira da Série B.

Na 14ª colocação, com 28 pontos, o Vasco tem cinco a mais que o Ceará, primeiro da zona de rebaixamento. Além disso, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo perdeu a oportunidade de entrar no grupo que estaria classificado para a Copa Sul-Americana.

O jogo começou morno e truncado, mas aos poucos os times foram se soltando. O Avaí apostava nas jogadas pelo lado direito com Iury e Caio Paulista. Já o Vasco só não abriu o placar no contra-ataque porque Betão evitou que a bola chegasse em Ribamar após cruzamento rasteiro de Rossi.

Aos 27, Danilo Barcelos cruzou, a bola passou por Ribamar e Raul acabou furando na tentativa de fazer a finalização. A resposta do Avaí veio logo depois. Igor Fernandes cruzou rasteiro e Matheus Lucas bateu de primeira por cima do gol. O Vasco voltou a assustar em cabeça de Ricardo para fora.

O técnico Alberto Valentim precisou fazer duas alterações ainda no primeiro tempo por lesão: Iury e Jonathan saíram para as entradas de Léo e Matheus Lucas. Aos 43 minutos, Igor Fernandes bateu cruzado e Fernando Miguel espalmou para escanteio.

O Avaí ainda teve tempo de criar mais uma grande oportunidade. Em jogada ensaiada de escanteio, João Paulo foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Richard Franco, com o gol aberto, furou.

Com duas alterações - Andrey e Felipe Ferreira nos lugares de Raul e Talles Magno -, o Vasco voltou mais ligado do intervalo e criou duas boas chances antes dos cinco minutos, mas Richard e Ribamar pararam no goleiro Vladimir.

Aos 16, Danilo Barcelos cobrou escanteio, Vladimir saiu mal e Ribamar cabeceou no travessão. Na primeira chance criada pelo Avaí, Caio Paulista cruzou e João Paulo desviou. A bola tinha endereço certo, mas Yago Pikachu salvou quase em cima da linha.

Em uma falha de Betão, que recuou fraco, Ribamar invadiu a área e bateu na saída de Vladimir. O goleiro ainda tocou na bola, que foi na rede pelo lado de fora. Aos 40, Caio Paulista recebeu dentro da área e finalizou. A bola desviou no meio do caminho antes de sair.

Os dois times voltam a campo no domingo, às 16 horas, pela 25ª rodada. O Avaí enfrenta o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), enquanto o Vasco recebe o Fortaleza, no São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 0 x 0 VASCO

AVAÍ - Vladimir; Iury (Léo), Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera (Igor Leandro), Richard Franco e Douglas; Caio Paulista, Jonathan (Matheus Lucas) e João Paulo. Técnico: Alberto Valentim.

VASCO - Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo e Danilo Barcelos; Richard, Raul (Andrey) e Marcos Junior; Rossi, Ribamar (Clayton) e Talles Magno (Felipe Ferreira). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior (PR).

CARTÕES AMARELOS - Mosquera (Avaí); Talles Magno (Vasco).

RENDA - R$ 246.780,00.

PÚBLICO - 7.401 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).