Política e Ação
Proposta sem jeito

Durante a inauguração da ala oncológica, do hospital Unimed de Campo Mourão, na quinta-feira à noite, o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli (PPS), lembrou que na década de 90, uma das orientações do Ministério da Saúde ao município é que abandonasse o projeto do hospital Santa Casa, onde hoje está construído, por ser retirado da cidade. A alegação era que o projeto era maluco, o hospital fora da cidade, feito de uma maneira estranha, e que a melhor coisa a fazer era abandonar este projeto e começar um novo, recordou. Aí você fica pensando: você vai ser o prefeito que não deixou um sonho para cidade para acontecer, emendou, ao comentar da evolução do hospital nos últimos anos. Propostinha sem jeito essa do Ministério da Saúde, hein!?

Esforço político

Tauillo lembrou também que para fazer com que o projeto da Santa Casa acontecesse, foi preciso um esforço político muito grande na época envolvendo a região. O prefeito recordou de nomes que foram cruciais, segundo ele, para a criação do hospital, como do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; o ex-ministro da Saúde, José Serra; e do deputado federal Rubens Bueno, que, conforme Tauillo, possibilitaram a contrução da Santa Casa. De lá para cá foram muitas idas ao Ministério da Saúde e felizmente hoje o hospital está aí, funcionando e fazendo um bom trabalho, disse.

Gestor é pra isso mesmo, diz prefeito sobre devolução de dinheiro

O prefeito de Iretama, Wilson Carlos de Assis (PP), procurou encarar numa boa o fato de o município ter que devolver à União pouco mais de R$ 300 mil por desvio de finalidade em obra pública. A irregularidade iniciou em 2005, na gestão do ex-prefeito Antonio José Quesada Piazzalunga (PMDB), que autorizou a concessão de um centro de comercialização de produtos da agricultura familiar para funcionamento de um restaurante. Assis que diz já ter problemas demais para resolver, brincou, no entanto que gestor é para isso mesmo, e deve se acostumar com coisas boas e ruins, se referindo à devolução dos recursos. Só não posso cobrir coisa errada de ninguém se não vem ‘pra’ cima de mim depois , falou, ao dizer que tomará as medidas cabíveis sobre o caso.

Câmara do Povo

Olha aí o vereador de Araruna, Wagner Malaco (PR). Ele recebeu o prêmio Câmara do Povo, do jornal Paraná Notícias, em reconhecimento aos trabalhos realizados no município. A entrega foi feita no último domingo, durante a Cavalgada do município. É o segundo mandato de Malaco como vereador. Segundo o jornal, foram ouvidos moradores em diversos bairros do município, que apontaram Malaco entre os mais atuantes.

Dito e Escrito

Daqui sairão histórias muito bonitas, pacientes que terão cura, pacientes que terão deixado um legado e pacientes que deixarão exemplos de vida.

Eufânio Saqueti, presidente da Unimed de Campo Mourão, na quinta-feira, à TRIBUNA, ao falar da inauguração do centro oncológico da cooperativa.

__

Por Walter Pereira | [email protected]