Campo Mourão

Alunos do CAIC participam de atividade ambiental no Dia da Árvore

Foram plantadas ao todo em torno de 50 mudas.
["A a\u00e7\u00e3o foi desenvolvida junto a alunos da Escola Municipal Florestan Fernandes, o CAIC"] (Foto: Diego Reis)

A Prefeitura de Campo Mourão, em parceria com a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente e a Secretaria da Educação, promoveu na manhã desta sexta-feira, em comemoração ao Dia da Árvore, a plantação de mudas da espécie “resedá” em canteiros na Avenida Armelindo Trombini. A ação foi desenvolvida junto a alunos da Escola Municipal Florestan Fernandes, o CAIC. Estiveram presentes o prefeito Tauillo Tezelli, o Secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Franco Freire Sanches e a Diretora da Escola, Viviane Dubay, bem como equipe no plantio da mudas de funcionários da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente. Foram plantadas ao todo em torno de 50 mudas.

Acompanhando o plantio, a diretora deixou claro que tudo vem acrescentar com aquilo que é trabalhado pelos professores. “O trabalho com a conscientização ambiental só vem a complementar tudo o que já temos realizado com os alunos no que diz respeito aos cuidados com a natureza”, destaca. A professora Luciana Neves, do 5º ano, viu com bons olhos a iniciativa. “Incentiva as crianças a cuidar do meio ambiente, a cuidar das árvores que são um bem tão precioso para nós. É uma excelente atitude”, ressalta.

Franco Sanches fez questão de exaltar o envolvimento de sua equipe e a participação escolar. “Foi uma ação que já estava formatada, e pudemos colocar em prática da melhor forma possível, em parceria com esta escola. A receptividade dos alunos e dos professores só nos motiva a promover cada vez mais ações ambientais envolvendo estes alunos”, salienta.

O prefeito Tauillo Tezelli deixou bem claro que é de fundamental importância envolver as crianças em ações que tragam crescimento, enquanto cidadãos e benefícios para a comunidade em geral. “É importante a participação das secretarias, da escola, dos professores, especialmente dos alunos, enfim, de todos os envolvidos. A natureza deve ser respeitada, e esta conscientização começando pelas crianças certamente também se faz necessária”, conclui.