Campo Mourão

Polícia recupera mais uma parte de carga roubada e prende integrante de quadrilha

Carga foi roubada no início de junho, na BR-158.
Mercadoria foi encontrada em uma residência, uma carabina calibre 12 também foi apreendida (Foto: João Silvestrin)

A Polícia Civil de Campo Mourão recuperou mais uma parte de uma carga de sabão em pó roubada na rodovia BR-158, entre Campo Mourão e Peabiru, no início do mês de junho e prendeu uma mulher, integrante de uma quadrilha de roubos de cargas que vem agindo na região. Sua identidade não foi revelada.

Outra parte da carga já havia sido recuperada pela polícia cerca de 20 dias após o roubo em uma residência em Campo Mourão. “Após tomarmos conhecimento do roubo iniciamos as investigações conseguindo recuperar parte da carga. Após isso continuamos com o objetivo de identificar os demais integrantes dessa quadrilha que está agindo em outros roubos e conseguimos localizar outra parte da carga roubada”, falou o delegado chefe da 16ª Subdivisão Policial (SDP) de Campo Mourão, Gustavo Pinho Alves. Os produtos foram encontrados em uma residência.

Nas buscas no interior da casa a polícia localizou uma carabina calibre 12, que possivelmente tenha sido utilizada em outros roubos que ocorreram pela região. Segundo Alves, no dia do assalto, a vítima contou que os criminosos usavam uma arma de cano longo, mesmo tipo de arma que também tem sido usada em assaltos a ônibus nas rodovias que passam por Campo Mourão e região. “Nossas equipes estão mantendo diligências noturnas para tentar prender essa quadrilha que assalta ônibus”, falou o delegado.

Ele disse acreditar que a função da mulher presa seria guardar os produtos dos roubos. A Polícia Civil já tem algumas pessoas identificadas e está diligenciando para identificar os demais integrantes da quadrilha envolvidos nestes roubos. “Acredito que nos próximos dias daremos uma resposta à sociedade com a prisão destes ladrões”, ressaltou Alves.

O delegado afirmou que a Polícia Civil conta com a colaboração da população para denúncias anônimas em casos de suspeitas de crimes. “A população sempre tem nos ajudado com denúncias. Importante ressaltar que após essas denúncias procedemos nas diligências identificando os elementos e apreendendo os objetos roubados ou furtados das vítimas”, falou. Além da colaboração da população, as Polícias Civil, Militar e Rodoviária trabalham em conjunto com troca de informações com o objetivo de identificar criminosos que estão agindo na região.

Alves alertou também a população a fazer denúncia caso seja procurada para comprar o produto por preço abaixo do mercado. “Caso a pessoa adquira produtos com valor abaixo do mercado poderá estar cometendo o crime de receptação culposa”, observou.