Policial

Rapaz fica gravemente ferido após ser agredido a garrafadas por mulheres

Vítima sofreu corte profundo no rosto.
Vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada com ferimentos graves ao Pronto Socorro

Um rapaz de 27 anos ficou gravemente ferido na manhã desta quarta-feira (9) após ser agredido a garrafadas por duas mulheres, na rua Francisco Preisner, no Jardim Mário Figueiredo, em Campo Mourão.

A reportagem apurou no local da ocorrência que a vítima chegou a uma residência de um conhecido, identificado como “Chico” e começou a discutir com o mesmo. Duas mulheres que estavam no local reagiram, partindo para cima do rapaz desferindo golpes de garrafa contra ele, acertando sua cabeça e rosto.

A vítima conseguiu fugir das agressoras, mas devido a gravidade dos ferimentos, acabou caindo próximo do local, na rua Engenheiro Airton P. S. Alves, em frente a residência de sua irmã, que acionou o Samu.

O rapaz foi socorrido com corte profundo no rosto, que atingiu uma veia, causando um grande sangramento. A vítima recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado ao Hospital Pronto Socorro para atendimento médico. Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada, fez buscas pelo bairro, mas não conseguiu encontrar as autoras do crime.

DEMORA DO SOCORRO

A demora do Samu para socorrer a vítima causou revolta nos familiares da vítima e irritou até policiais que estiveram no local, que tiveram de agir com ‘rispidez’ com a Central de Umuarama para que o socorro fosse encaminhado ao local.

De acordo com informações, a agressão aconteceu por volta das 10 horas e o Samu chegou ao local para socorrer a vítima somente às 11 horas. Vale lembrar que a central de regulação é em Umuarama, que recebe os chamados e aciona uma equipe em Campo Mourão para se deslocar ao endereço da ocorrência. Essa demora no serviço vem sendo sentida pela população há algum tempo, devido a morosidade da central de atendimento.

Segundo os socorristas que estiveram no local e socorreram o rapaz, após o chamado pela central, eles demoraram apenas cerca de 6 minutos até socorrer a vítima. Se fosse um ferido muito grave, poderia ter morrido.