Região

Onça parda é flagrada na área urbana de Araruna

Animal entrou no campo de futebol e não conseguiu sair por causa do alambrado

Uma onça parda adulta foi flagrada na manhã desta segunda-feira (6) em um campo de futebol na localidade “Coleginho”, área urbana de Araruna. O animal chamou a atenção de moradores, que fizeram um vídeo do bicho, disseminado rapidamente nas redes sociais.

Segundo informações, o felino, que pesava aproximadamente 50 quilos, provavelmente entrou no local durante a madrugada em busca de alimento e não conseguiu voltar para a natureza por causa do alambrado que cerca o campo de futebol. Há uma área com mata nativa próxima do local onde foi encontrada.

O animal estava bastante agitado com a presença de pessoas no local, andando de um lado para o outro no campo de futebol. Agentes do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) de Campo Mourão, e da Polícia Ambiental foram acionados e fizeram a soltura da onça na natureza.

Há diversos relatos de moradores na região, que dizem sempre avistar a espécie em suas propriedades. A onça parda é carnívora e se alimenta de mamíferos pequenos, mas não costuma atacar seres humanos. Porém, a orientação é que ao presenciar o animal, os moradores mantenham distância, pois o mesmo pode se sentir ameaçado atacando para se proteger.

Onça parda ou puma

A onça parda ou puma (nome científico: Puma concolor), também conhecida no Brasil por suçuarana e leão-baio. É um mamífero carnívoro da família Felidae e gênero Puma, nativo da América. Foi originalmente classificada no gênero Felis, mas estudos genéticos demonstram que a espécie evoluiu em uma linhagem próxima à chita e ao gato-mourisco (Puma yagouaroundi). É o mamífero terrestre com a maior distribuição geográfica no ocidente, ocorrendo desde a Columbia Britânica, no Canadá, até o extremo sul do Chile, habitando desde florestas densas, até áreas desérticas, com clima tropical ou subártico, exceto a tundra. É capaz de sobreviver em áreas extremamente alteradas pelo homem, como pastagens e cultivos agrícolas.

A onça-parda não é considerada em risco de extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, mas já foi extinta na América do Norte e em algumas localidades das Américas Central e do Sul. As principais causas disso são a caça e em áreas muito populosas, atropelamentos.