Saúde

Casos de Aids diminuem na região, mas público jovem continua o mais afetado

Prefeitura realizará testes rápidos de HIV e sífilis, além de orientações e distribuição de preservativos hoje

O número de novos casos de Aids na região caiu este ano. Enquanto em 2017 foram 67 novos registros, este ano foram 48, dos quais 25 em Campo Mourão. Os números foram divulgados pelo Departamento de Infecções Sexualmente Transmissíves (IST), da Secretaria Municipal de Saúde. O público mais afetado são jovens entre 19 e 29 anos. "Chama atenção esses casos entre jovens porque é o público que mais tem acesso à informação e poderia ter evitado o contágio", analisa a enfermeira Ana Lúcia Cardoso, do IST.

A luta contra a Aids no mundo é comemorada neste sábado (1° de dezembro). Por isso a Secretaria Municipal de Saúde vai instalar uma barraca na Praça São José no período da manhã. No local serão realizados testes rápidos de HIV e sífilis, além de orientações e distribuição de preservativos. Atualmente 263 pacientes com HIV estão em tratamento.

Além do tratamento, o Departamento de IST executa um trabalho permanente de testes rápidos e palestras nas escolas e empresas. As Unidades de Saúde também oferecem gratuitamente preservativos masculinos e femininos. “A prevenção é muito importante, é preciso que as pessoas se conscientizem disso”, acresenta Ana Lúcia.

Campanha

O Dia Mundial de Luta contra a Aids tem como objetivo conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo. A maioria dos brasileiros sabe que a camisinha é melhor forma de prevenção às IST e Aids. Mesmo assim, uma parcela significativa da população sexualmente ativa do País não usa preservativo nas relações sexuais casuais.